2016/07/10

Hyperloop mais económico que comboios de alta-velocidade


Será que poderemos viajar a milhares de quilómetros por hora mais cedo do que se imagina? Para a Hyperloop One isso é garantido, e apresenta um estudo financeiro que reforça a ideia de que será melhor apostar nesta tecnologia do que em comboios de alta-velocidade.

A necessidade de apostar em transportes eficientes tem dado tracção à ideia "maluca" lançada por Elon Musk de viajarmos em cápsulas dentro de tubos com vácuo; e agora a Hyperloop One apresenta um estudo financeiro que demonstra que a criação de uma rede de Hyperloop fica bastante mais económica do que a criação de uma linha férrea de alta-velocidade (o que não será surpresa, considerando que basicamente se trata de passar "tubos" com tecnologia idêntica à que é usada para os pipelines).


Um ligação de 500km entre Finlândia e Suécia ficaria por menos de 37 milhões de euros por quilómetro; um valor substancialmente inferior aos 100 milhões/km estimados para a ligação ferroviária de alta velocidade entre Londres e Birmingham (sendo que no caso do Hyperloop se viajará a cerca de 1000km/h, incomparavelmente superior à dos comboios, mesmo os de alta-velocidade.)

Era da maneira que passava a ser possível para alguém de Viana ir jantar a Faro no final do dia e ainda vir dormir a casa. :)

3 comentários:

  1. Atenção que quem inventou o conceito agora conhecido por Hyperloop não foi Musk, mas sim Robert Goddard, que lhe chamou Vactrain.
    Naturalmente que Elon Musk tem o enorme mérito de ter sido o primeiro a tentar implementar o conceito no terreno, estando também naturalmente a introduzir melhorias ao conceito.

    ResponderEliminar

[pub]