2016/07/28

Radient Micro-Tech promete aumentar a autonomia em 30% reaproveitando as ondas de rádio


Que vos parece a ideia de prolongar a autonomia de um smartphone em 30% sem qualquer impacto no seu desempenho ou necessidade de usar uma bateria mais pesada e volumosa? É essa a promessa da Radient Micro-Tech.

Sabendo-se que a autonomia dos equipamentos mobile é um dos seus pontos críticos, toda e qualquer tecnologia que prometa melhorá-la será sempre de interesse. Infelizmente, as promessas da Radient Micro-Tech parecem fazer parte daquela categoria em que as coisas são "boas demais para ser verdade".

A empresa diz que consegue reaproveitar a energia desperdiçada nas emissões de rádio, recuperando-a e utilizando-a para recarregar a bateria, o que permitirá prolongar a sua autonomia em cerca de 30%. A ideia de converter as ondas de rádio em energia wireless não é nova, mas a energia que se consegue recuperar por esse método é bastante reduzida e tem sido usada apenas de forma experimental e em dispositivos de ultra-baixo consumo (um projecto idêntico referia coisas na ordem dos 100 microwatts - completamente negligenciáveis para efeitos práticos num smartphone moderno.)

De resto, a própria ideia de querer aproveitar a energia desperdiçada por um smartphone acaba por soar um pouco à ideia de colocar uma ventoinha num barco para soprar vento para as suas velas. Seria sempre muito mais eficiente poupar directamente a energia reduzindo a potência de transmissão (ou direccionando-a de forma a evitar o tal desperdício); do que "desperdiça-la" com o objectivo de ser recuperada (com as inerentes perdas de todas as conversões envolvidas no processo.)

Enfim, é melhor não esperarmos nada de milagroso a surgir desta Radient Micro-Tech - embora seja um daqueles casos em que muito me agradaria estar errado e ver que a sua tecnologia realmente funciona como é anunciado.

1 comentário:

  1. Talvez quando chegarem as redes 20G(!), seja possível carregar constantemente os dispositivos através da energia emanada das antenas das respectivas redes...

    ResponderEliminar

[pub]