2016/08/22

Investigadores enganam sistemas de reconhecimento facial usando fotos do Facebook


Os sistemas de reconhecimento biométrico podem contribuir para a segurança sem nos fazer memorizar passwords, mas aos poucos vão revelando que também não são infalíveis... nem mesmo no caso do reconhecimento facial.

A ideia de que o reconhecimento facial poderia ser seguro começou logo a ser posta em causa com a impressão de fotos dos utilizadores legítimos, que em muitos casos permitiam o acesso imediato ao dispositivo. Em consequência disso, começaram a utilizar-se funcionalidades mais complexas, que pediam aos utilizadores que fechassem os olhos, ou sorrissem, ou virassem o rosto... coisas que também não garantirão a segurança, como nos demonstram alguns investigadores da Universidade da Carolina do Norte (EUA.)

O seu sistema é capaz de recriar um modelo tridimensional do rosto da pessoa, com base em apenas algumas fotos que normalmente poderão ser obtidas de fotos públicas no Facebook.


Com este novo sistema, torna-se possível recriar qualquer comportamento que o sistema de reconhecimento facial peça ao utilizador para fazer, incluindo expressões ou movimentos.

Em suma, tal como já acontece com as impressões digitais, o melhor será tratar estes sistemas apenas como uma forma cómoda de validação secundária... mas que não será 100% segura nem evitará o pedido de uma password para acesso a operações mais críticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]