2016/08/12

Quando se deve recarregar o smartphone?


Já por cá falamos das recomendações de quando e como recarregar as baterias de lítio, mas considerando que é algo que afecta o quotidiano de praticamente todas as pessoas, nunca é demais relembrar as boas práticas e recomendações de recarragemento dos smartphones e demais equipamentos mobile.

Felizmente, começamos a chegar a um ponto em que se vão esquecendo os "mitos" que tinham origem nas baterias com tecnologias mais antigas - como as que sofriam do chamado efeito de memória e onde era recomendável esperar que se descarregassem completamente antes de voltarem a ser recarregadas.

Com as baterias de lítio isso não só não é necessário, como nem sequer é aconselhável, uma vez que provoca maior desgaste.

O ideal para os equipamentos equipados com baterias de lítio será manter o nível de carga entre os 40 e 80%, evitando que a mesma desça abaixo desse valor. Se possível, também não deixam que o processo de carregamento chegue aos 100%, e embora os sistemas de recarregamento rápido sejam úteis, se o tempo não for factor crítico, não perdem nada em fazer o recarregamento com um carregador normal que o faça mais lentamente. É que o grande inimigo das baterias de lítio é a temperatura, e os carregadores rápidos implicitamente provocam um maior aquecimento e consequentemente um maior desgaste da mesma.

Claro que nem sempre é possível seguir estas regras, pelo que não as devem levar também demasiado à letra. Aliás, mesmo que as consigam cumprir diariamente, continuará a ser recomendável que, de vez em quando, façam um ciclo de descarga completa (até o smartphone se desligar) e carga completa, para que o circuito da estimativa da carga da bateria se possa auto-calibrar e dar uma indicação mais precisa.

De resto... é usarem o smartphone estando consciente que, inevitavalmente, a sua bateria irá perder qualidades e poderão ter que considerar a sua substituição ao final de alguns anos de uso.

7 comentários:

  1. Não há nenhuma app que desligue o carregameno quando este chegue por exemplo a 80%, eu e penso que a maioria das pessoas, carrega o smartphone durante a noite e o carregamento vai sempre aos 100%.

    ResponderEliminar
  2. Em suma, deve-se carregar quando precisamos dele... :)

    ResponderEliminar
  3. O pessoal troca de tele a cada 2 anos (ou de ano a ano até) que já nem é preciso preocupação com a bateria :)

    ResponderEliminar
  4. Devem-se fazer várias cargas durante o dia? Mesmo que por curtos períodos de tempo e sem chegar a 100%?

    ResponderEliminar
  5. Já não ligo à bateria... deixo a carregar à noite, raramente tenho de carregar durante o dia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No caso dos telemóveis que não se consegue abrir a tampa, substituir a bateria nem sequer é opção

      Eliminar
    2. É pois... Não faltam baterias para iPhones e outros smartphones que não têm "tampa". Dá é um pouco mais de trabalho a trocar. :)

      Eliminar

[pub]