2016/08/02

Samsung apresenta o Galaxy Note 7


A Samsung já revelou o seu novo phablet topo de gama, o Galaxy Note 7, que não esconde as influências do bem sucedido Galaxy S7 Edge, e que será ao gosto daqueles que acham o S7 demasiado pequeno.

A Samsung optou por saltar uma geração na designação do Galaxy Note - que passa directamente do 5 para o 7 para ficar sincronizado com a família Galaxy S - e evitar as potenciais complicações dos funcionários das lojas tentarem explicar aos clientes porque motivo o Galaxy Note 6 era mais recente que o Galaxy S7. Já praticamente tudo sobre o Note 7 era conhecido à custa dos rumores, e portanto tratou-se apenas de comprovar a maioria deles.

O Galaxy Note 7 pode ser considerado um Galaxy S7 Edge com ecrã Super AMOLED ligeiramente maior (5.7" em vez de 5.5" mas mantendo a resolução de 2560x1440) curvo de ambos os lados, vindo equipado com o mesmo CPU (Snapdragon 820/Exynos 8890 dependendo dos mercados), 4GB de RAM, 64GB + microSD até 256GB, e a mesma excelente câmara de 12MP. Curiosamente, embora seja o Note 7 seja maior, a bateria fica-se pelos 3500mAh, mais pequena que a do S7 Edge, mas também mantendo compatibilidade com carregamento wireless. E desta vez a Samsung abandona a ficha micro USB e adopta o USB Type-C.

Desta vez a Samsung resolve o problema que se fazia sentir no S6 Edge, fazendo com que o Note 7 também tenha uma curvatura idêntica na parte traseira, sendo mais confortável de segurar.

Nas novidades, temos um sensor para leitura da íris para reconhecimento ocular (que terá que demonstrar ser mais prático de utilizar que a simples impressão digital); mais uma limpeza do interface TouchWiz que o deixa mais ao estilo do Material Design do Android; e uma nova S Pen. A S Pen pode ser visualmente idêntica à do ano passado, mas agora também é anunciada como sendo à prova de água, o que teoricamente significa que poderemos escrever no Note 7 debaixo de água. A ponta foi reduzida para os 0.7mm, tornando a sua utilização mais agradável e equiparável à utilização de uma esferográfica ou lápis.

Para lhe dar uso, temos a app Samsung Notes, que combina diversas apps que anteriormente estavam disponíveis em separado, numa só. Escrever, desenhar, editar fotos, pode agora ser tudo feito a partir desta app. Uma funcionalidade interessante é podermos seleccionar uma parte do ecrã com a S Pen, e criar GIFs animados. E também podemos usar o Note 7 como bloco de notas mesmo com o ecrã "desligado" graças à sua capacidade "always on".

A antever pelo sucesso do S7 Edge e a apetência do mercado por smartphones de grandes dimensões, é de imaginar que este Note 7 tenha o sucesso assegurado. Falta apenas saber a que preço é que chegará ao nosso país.

Actualização: já temos os preços do Galaxy Note 7 para Portugal. O Galaxy Note7 custará 879,90 euros (859,90 euros nos operadores).


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]