2016/09/20

Panasonic revela novas Lumix - e a GH5 com 4K a 60fps

Quem não abdica de usar uma câmara "a sério" para tirar fotos e gravar vídeo, vai querer espreitar as mais recentes Lumix da Panasonic, e onde temos câmaras capazes de gravar Full HD a 120fps e 4K a 60fps.

A Panasonic já revelou as novas Lumix G85, LX10, FZ2500 e GH5. A G85 é a sucessora da GX85, contando com um sensor Micro Four Thirds de 16MP, estabilização de 5 eixos, vídeo 4K, viewfinder OLED, touchscreen de 3", mas agora optando por um corpo mais volumoso e resistente que a aproxima do formato de uma DSLR. Terá preços a começar nos $899 (só corpo) e $999 (com lente 12-60mm).

Para quem procurasse uma LX7 melhorada, poderá espreitar a nova Lumix LX10. Vem com um sensor de 20MP de 1" (o dobro do tamanho do que equipa a LX7), estabilização de 5 eixos, lente equivalente a 24-72mm, corpo em metal, touchscreen de 3", e pode gravar vídeo 4K a 30fps, ou Full HD a 120fps. Tem preço de referência de $699.

Já orientada mais para o mercado profissional, a FZ2500 também vem com um sensor de 20MP de 1", e um lente zoom 20x (equivalente a 24.480mm) que a Panasonic diz ter a suavidade de funcionamento à altura das câmaras de topo. Também vem com viewfinder OLED e touchscreen de 3", e chega no Natal com preço de $1199.


Por último mas não menos importante... a GH5. A sucessora da GH4 vem com um novo sensor de 18MP com capacidade para captar 8fps em burst, vídeo 4K a 60fps (em 10 bits), e também um modo burst a 6K a 30fps, em que aparentemente se combina o vídeo 4K para criar as fotos com resolução melhorada. Nada mau para um modelo que deverá ter um preço na ordem dos $1000 (só o corpo)... mas que só ficará disponível para Junho de 2017. E já que falamos do futuro... a Panasonic também revelou intenções de já ter uma câmara de 32MP capaz de gravar vídeo 8K a tempo dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

... Vamos lá ver se os smartphones conseguirão acompanhar (ou superar) isso nessa altura. :)

1 comentário:

  1. Na verdade a G85 - ou G80, dependendo dos mercados - é a sucessora da G7.

    ResponderEliminar

[pub]