2016/10/10

Apple processada por não permitir browsers concorrentes no iOS


Uma pequena empresa francesa está a processar a Apple por esta não permitir a utilização de browsers alternativos no iOS e com isso impedir a evolução e inovação.

Quem tiver assistido aos episódios que obrigaram a Microsoft a adicionar uma janela de selecção do browser no Windows (na Europa) que dava maior visibilidade aos produtos concorrentes, há muito que se interrogará porque motivo o mesmo não foi ainda feito com o iOS da Apple.

É certo que quem visitar a App Store da Apple poderá encontrar browsers como o Chrome, Firefox e Opera; mas o que provavelmente não saberão é que todos estes browsers são uma mera "fachada" pois internamente são obrigados a usar o WebKit que a Apple disponibiliza no iOS - o que os torna funcionalmente equivalentes ao Safari do iOS, apenas com interfaces diferentes.

É precisamente isso, a par da falta de suporte do WebKit para as mais recentes tecnologias HTML5 que leva a Nexedi a avançar com um processo contra a Apple. A empresa refere que, na situação actual, a falta de suporte para coisas como o web RTC, service workers  e webM impedem que os developers e empresas possam disponibilizar serviços web modernos para a plataforma; e que, pior ainda, a Apple nem sequer permite que alguém disponibilize um browser concorrente que suportasse estas funcionalidades, como acontece nas outras plataformas.

Embora a Apple esteja numa posição confortável em que, não sendo a líder em quota de mercado, se vai conseguindo manter longe destas questões dos "monopólios"; penso que está numa posição que já merecia um puxão de orelhas idêntico aos que muitas vezes já foram feitos à Microsoft e Google; e que este caso dos browsers seria uma excelente forma de começar.

2 comentários:

[pub]