2016/10/11

Cyanogen troca de CEO e aposta na vertente modular


As coisas parecem não estar fáceis para a Cyanogen, que se tem tentado assumir como uma alternativa viável para quem procura um Android menos dependente da Google, e agora há alterações na chefia e na táctica para o futuro.

O forma como Kirt McMaster estava a liderar a empresa parece não ter sido consensual (nem dado resultados), pelo que o mesmo foi relegado para um posto inferior e substituído por Lior Tal (o anterior COO).

Não menos importante é que este anúncio é acompanhado pela indicação da mudança de táctica para o futuro do Cyanogen OS, que em vez de apostar no sistema monolítico como tinha feito até agora, passará a promover uma aproximação mais modular a que chama Cyanogen Now. Pelo que nos é dito, embora o Cyanogen OS tenha chegado a alguns milhões de equipamentos e isso possa ser encarado como uma vitória, não é suficiente num mercado onde existem milhares de milhões de dispositivos.

A aposta numa vertente modular deverá permitir que seja mais fácil levar as vantagens do Cyanogen a mais equipamentos (provavelmente até podendo ser feito directamente pelos utilizadores sem necessidade de parcerias com os fabricantes). E poderá talvez ganhar ainda mais tracção numa altura em que até a própria Google parece começar a investir na diferenciação do Android, com funcionalidades que serão exclusivas dos seus novos Pixel.

Seja como for, mesmo que não se seja fã do Cyanogen, é daqueles projectos que é sempre saudável que existam, nem que sejam com o simples efeito de manter a existência de uma alternativa... pois bem sabemos que os monopólios raramente (nunca?) resultam em vantagens para os consumidores.

1 comentário:

  1. Tenho muita pena que a cyanogen tenha ido abaixo e o installer tenha desaparecido. Adorava a rom deles e a facilidade de instalar. Infelizmente agora voltámos ao metodo arcaico de flashar roms

    ResponderEliminar

[pub]