2016/11/30

reMarkable reinventa o papel... digital

Depois de muito tempo de espera, parece que temos finalmente um verdadeiro substituto digital para o papel. Mas para isso este tablet da reMarkable terá que cumprir com tudo aquilo que promete.

Actualmente os tablets já se tornaram equipamentos "comuns" e existem para todos os tamanhos e preços, mas com toda a sua versatilidade ainda não podem ser considerados como verdadeiros substitutos para o papel. Por outro lado, os tablets com ecrãs e-ink continuam a ser utilizados maioritariamente para leitura, e a sua velocidade (reduzida) de actualização do ecrã também continua a ser limitativa para aplicações mais dinâmicas.

Mas eis que surge o reMarkable, um tablet com ecrã e-paper que promete ser um substituto à altura do papel tradicional. Para começar, tem um ecrã com um tamanho generoso de 10.3" (1872x1404 pixeis), mas mais importante ainda é o facto deste ecrã ter um tempo de resposta de 55ms, o que lhe permite reagir imediatamente aos "rabiscos" que se desenharem - e para além disto, a própria textura do ecrã foi concebida para replicar a mesma sensação de escrever com um lápis numa folha de papel.

Poderá ser o tablet ideal não só para quem passa grande parte do tempo a ler, mas para quem ainda acaba por estar rodeado por inúmeras folhas de papel onde vai rabiscando todo o tipo de notas ou desenhos. O único problema é que tem um preço substancialmente mais caro que (muitas) folhas de papel: 379 dólares nesta fase de pré-vendas; sendo que o preço final deverá passar para os 716(!) dólares. Se tudo correr bem, deverá chegar ao mercado no Verão de 2017.


Não fosse a incógnita de quanto é que a alfândega poderá querer cobrar por isto, e estaria 99% tentado a apostar neste tablet.


2 comentários:

  1. Já viram este e-reader?
    http://goodereader.com/blog/electronic-readers/good-e-reader-is-launching-a-13-3-inch-e-reader

    ResponderEliminar
  2. Isso é apenas mais um tablet porque o verdadeiro "papel digital" pode-se dobrar e não tem limites de tamanho e tem que ter um preço muito mais acessível. E o Galaxy Note já faz isso com a caneta há muito tempo e esse é praticamente uma imitação do Note 8.0...

    ResponderEliminar

[pub]