2016/12/17

Cauda de dinossauro com penas imortalizada em âmbar


Depois de todas as suspeitas e teorias, parece que desta vez não há margem para dúvidas; os dinossauros tinham penas, e agora há uma prova irrefutável: um pedaço de âmbar contendo parte da cauda de um pequeno dinossauro... e as respectivas penas.

Há bastantes anos que os paleontólogos têm alertado para que a imagem que nós associamos aos dinossauros poderia estar completamente errada, sendo o equivalente a imaginar uma galinha depenada em vez das galinhas com penas. Isto com base em fósseis que pareciam indicar a presença de penas nestes animais; e até algumas penas encontradas, mas que alguns ainda argumentavam que poderiam pertence a aves e não a dinossauros.

Mas agora tudo parece ter ficado esclarecido com a descoberta deste pequeno bloco de âmbar, que não só contem as penas, como também parte da cauda de um pequeno dinossauro, demonstrando inequivocamente que as penas pertenciam efectivamente a estes animais que tanto nos fascinam.

Uma vez que o mais recente filme do Jurassic Park não teve a coragem de avançar com dinossauros com penas - optando pelos tradicionais dinossauros "depenados" - esperemos que para o próximo essa falha seja corrigida, e finalmente se comece a criar a imagem de como os dinossauros seriam na realidade.

4 comentários:

  1. Ou «âmbar», para os portugueses que não gostam de ler em inglês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alterado... há que dar alguma latitude para a confusão quando se está a escrever âs 4/5AM... :(

      Eliminar
  2. Os Dinossauros não são (eram) repteis... ;)

    ResponderEliminar

[pub]