2016/12/15

O perigo das vendas no Ebay e assumir que o "cliente" tem sempre razão


Já falamos da necessidade de se ter muito cuidado com as ofertas demasiado generosas quando se vende alguma coisa na internet, mas agora temos mais um relato que mostra os perigos de usar plataformas como o Ebay, que automaticamente assumem que o comprador tem sempre razão.

O caso será infelizmente demasiado familiar. Um particular recorre ao Ebay para vender um produto - neste caso um iPhone 6S - encontra um comprador, envia o produto depois do comprador ter efectuado o pagamento, e pensa que está o assunto arrumado. Mas na realidade, o pesadelo ainda está apenas a começar.

É que de seguida o comprador faz queixa ao Ebay a dizer que o produto não corresponde ao que foi comprado e pede a devolução do dinheiro. O Ebay contacta o vendedor a perguntar como quer proceder, se quer que o comprador devolva o produto ou se pretende fazer um reembolso total ou parcial. A questão, como se pode imaginar, é que no caso do vendedor pedir a devolução do produto, o produto que é devolvido pelo comprador não é o iPhone que lhe tinha sido enviado, mas sim um qualquer telemóvel obsoleto sem qualquer valor.

E é aqui que as coisas se complicam, pois o Ebay argumenta que não é possível determinar quem é que está a tentar enganar quem, e por isso decide sempre a favor do comprador, deixando o vendedor sem o produto e sem o dinheiro. Isto mesmo em casos que, como este, são altamente suspeitos (o produto foi enviado para os EUA, mas a devolução foi feita a partir de outro país.) Claro que também é perfeitamente possível que as coisas se estivessem a passar de forma inversa, e que fosse o vendedor a efectivamente enviar um produto que não correspondia ao anunciado... mas ao tentarem evitar esses casos assumindo que o comprador tem sempre razão, abrem as portas para que os esquemas passem a ser feito do lado dos compradores e não do lado dos vendedores.

Por isso, e como em tudo, há que ter cuidado redobrado nas compras e vendas online... pois não há falta de pessoas que já são especialistas em se aproveitarem destes sistemas para obterem lucro fácil à custa dos outros.

4 comentários:

  1. Já tive um problema desses e fiquei sem dinheiro e sem produto... O comprador fez queixa de que o item tinha problemas (o que não tinha, tinha sido revisto antes de enviar) e o ebay decidiu logo a favor dele. Ficou com o item e com o dinheiro. Resultado: deixei de vender no ebay.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. No caso de um telemóvel, colocar parte do IMEI e Serial Number no anúncio não resolveria o problema?

    ResponderEliminar
  4. As compras online têm problemas, os compradores também são lesados e muito, existe muita desonetidade nestas plataformas eu comprava imenso no Aliexpress e tinha imensos problemas os produtos não eram genuinos eram de má qualiade e o custo não era assim tão baixo e ainda temos de estar imenso tempo há espera , hoje existem lojas que vendem os mesmos produtos em Portugal genuinis e com 2 anos de garantia

    ResponderEliminar

[pub]