2017/01/07

LEGO Boost vai ensinar as crianças a programar


Os LEGO Mindstorms já são bastante populares entre miúdos e graúdos, mas a LEGO expande o alcance da sua plataforma até mais tenra idade com o novo LEGO Boost.

O Boost destina-se a crianças com idades a partir dos 7 anos, e tem como objectivo iniciá-las no mundo da robótica e da programação. O kit conta com um motor e diversos sensores, para além dos blocos convencionais, e vem com cinco projectos que se podem criar (sem contar com todos os outros, originais, que quiserem inventar): Vernie the Robot, Frankie the Cat, Guitar 4000, Multi-Tool Rover 4 (M.T.R.4), e Autobuilder


Claro que a componente física é apenas um dos aspectos, e para complementar estas criações temos uma app que acompanha as crianças através de todo o processo de construção, de forma interactiva e divertida.


A programação faz lembrar o conceito do Scratch do MIT, sendo feita com blocos gráficos que se podem montar ao estilo LEGO. Por exemplo no processo de construção do robot Vernie, o mesmo fica activo e começa a dar instruções mesmo antes de estar completo, incentivando as crianças a montarem as peças que faltam para que ele possa adquirir todas as suas capacidades.

O LEGO Boost só vai chegar na segunda metade do ano e terá um preço de $159.99, com a app a estar disponível para Android e iOS. Não é barato... mas a perspectiva de ver as criações LEGO "ganharem vida" e permitir que a sua inteligência seja programada por crianças, é algo que tem um valor imensamente superior.

1 comentário:

  1. Os mindstorm pareciam estar a ficar datados relativamente a outras ofertas que têm aparecido e com este kit a LEGO parece reposicionar-se para apelar a quem se interessa por tudo o que tem aparecido. Não é muito caro, o robot da BQ, marca tipicamente low cost, é 99€ e só tem um elemento.

    ResponderEliminar

[pub]