2017/02/13

Oukitel U16 Max deixa de fazer batota nos megapixeis das câmaras


A Oukitel tem mais um phablet a caminho, o U16 Max, e felizmente desta vez toma a decisão acertada de não redimensionar as fotos para aparentar ter câmaras com resolução superior à que realmente tem.

A Oukitel era uma daquelas marcas em que as fotografias deixavam sempre a desejar, devido à sua insistência em aumentar o tamanho final das suas fotos apenas para se poder gabar de mais megapixeis na promoção dos seus smartphones. Durante muito tempo enviamos feedback à marca dizendo que mais valia ter câmaras com poucos megapixeis mas "bons", do que tentar iludir os potenciais clientes com a promessa de câmaras de 12 ou 16MP... obtidas à custa de um sensor de 8MP.

No U16 Max, temos um phablet com ecrã HD de 6.0" e corpo em alumínio, e onde não falta um sensor de impressões digitais na traseira, que pode ter diferentes funções de atalho associadas, incluindo a possibilidade de lançar a câmara com um long press, ou abrir uma app automaticamente quando o smartphone está bloqueado. Quanto à parte que destacamos hoje: a Oukitel recorre a uma câmara traseira com sensor Micron AR1335 de 13MP e frontal de 5MP com sensor OV GC5005. Sensores que desta vez não serão "inflacionados" para se tentarem fazer passar por câmaras com mais megapixeis.

Fico com curiosidade sobre se, finalmente, teremos um Oukitel com fotos que realmente estejam à altura do que se espera dele - mesmo tendo em conta que será certamente mais um smartphone económico e que não se poderão esperar resultados comparáveis aos dos topo-de-gama da actualidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]