2017/03/31

SpaceX lança e aterra primeiro foguete reutilizado


A SpaceX atinge mais um marco na história aeroespacial, ao reutilizar um foguete que já tinha sido utilizado para enviar carga para o espaço para um novo lançamento... e que novamente aterrou com sucesso.

O sonho de Elon Musk de tornar muito mais acessível o custo de acesso ao espaço dá mais um passo no sentido de se tornar realidade, com a demonstração de que é mesmo possível reutilizar foguetes que tenham capacidade de colocar objectos em órbita, aterrarem, e voltarem novamente ao trabalho - fazendo-o várias dezenas de vezes antes de serem retirados. Considerando que esta é parte mais dispendiosa de um foguete - podendo custar dezenas ou centenas de milhões de euros - facilmente se percebe o potencial que tem para revolucionar toda a indústria aeroespacial.

Para as empresas que desejam enviar satélites para o espaço, a perspectiva de utilizarem um foguete reciclado traduz-se numa poupança de várias dezenas de milhões de euros. Um lançamento num Falcon 9 tem preços na ordem dos 60 milhões de dólares; com a reutilização de um Falcon 9 esse preço pode baixar para 40 milhões. É um desconto significativo de 30% que certamente apreciarão.



A SpaceX já tinha conseguido aterrar com sucesso diversos dos seus foguetes, tanto em terra como nas plataformas flutuantes, mas até ao momento ainda não tinha reutilizado nenhum dos foguetes para um novo lançamento. Agora, também esse marco foi superado, e Elon Musk já revelou o próximo objectivo ambicioso que se segue: por um destes foguetes recuperados pronto para um novo lançamento num prazo de apenas 24 horas após ter aterrado!


Actualização: a SpaceX também recuperou pela primeira vez o cone do nariz, que é uma peça que custa 6 milhões de dólares.



2 comentários:

[pub]