2017/04/29

HTC já prepara HTC Vive para a 2ª geração VR


O HTC Vive tem sido um dos principais impulsionadores da tecnologia VR (a para dos Oculus Rift) mas tudo o que temos visto até agora tem sido apenas o primeiro passo, e a HTC já está a trabalhar no que se seguirá.

A aposta da HTC no Vive foi um pouco mais feliz que a dos Rift, ao ter optado desde logo por um sistema concebido para uma utilização VR numa área alargada em vez de se limitar ou ser mais adequada para uma utilização com o utilizador sentado. É certo que temos vários inconvenientes, a nível de posicionamento dos seus "faróis" localizadores, e também temos que andar a arrastar um incómodo cabo que nos prende o PC; mas isso são coisas que podem ser resolvidas.

Por exemplo, o HTC Vive está prestes a poder tornar-se num sistema wireless, permitindo total liberdade de movimentos ao utilizador para uma experiência bastante mais agradável; e além disso também poderemos contar em breve com um sistema de eye tracking integrado, que traz vantagens a vários níveis: não só permitirá criar interfaces onde basta olhar em vez de se ter que virar a cabeça, como também possibilitará a criação de avatars humanos mais realistas, que repliquem o movimento dos olhos; e claro, tecnicamente também permite adoptar o rendering adaptativo, em que apenas se geram imagens de alta qualidade para a área que se está a olhar - o que poupa bastante a carga do CPU/GPU.

Vai ser interessante acompanhar estes melhoramentos, à medida que a tecnologia VR se irá começar a deslocar dos "fãs das tecnologias" e começar a aproximar-se do público em geral, sendo que o leque de possíveis aplicações é virtualmente ilimitado... mas sendo a componente dos jogos uma das que seguramente mais atrairá as pessoas.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]