2017/04/29

iPhone "X" da Apple poderá chegar só no Natal


Sucedem-se os relatos sobre as dificuldades de produção do iPhone "X" da Apple, e que parecem dar cada vez mais credibilidade à possibilidade da Apple adiar o lançamento do iPhone, podendo fazer com que o mesmo só chegue perto da época de Natal.

Depois dos relatos da Bloomberg e Ming-Chi Kuo da KGI, é a vez do jornal Nikkei avançar com novas notícias que vão ao encontro do que já tinha sido avançado: de que a Apple tem tido dificuldades com a produção dos componentes com as características exigidas, e que esses problemas vão do fornecimento dos ecrãs OLED (fabricados pela Samsung), aos módulos de carregamento wireless (que de momento parecem estar a sofrer de aquecimento exagerado), e também do fabrico das próprias placas (a "motherboard" do iPhone) que deverá adoptar um novo design com tamanho ainda mais compacto e que permitirá utilizar uma bateria maior.

São muitas as novidades que a Apple espera incluir neste iPhone de 10º aniversário que tem gerado enormes expectativas no mercado; e não será fácil manter em segredo as eventuais dificuldades que se vão escapando pelo lado dos fornecedores. A grande questão é quanto tempo será preciso para que estas dificuldades sejam superadas, e se isso poderá ser feito a tempo de lançar o iPhone X este ano com todas essas tecnologias... ou se as coisas se irão complicando ao ponto da Apple ter que recorrer a um modelo de "backup" mais simples - opção que seguramente desapontaria os fãs.

Por agora há que esperar que a Apple e os seus fornecedores consigam resolver todos os problemas e que, mesmo com mais alguns meses de espera, o iPhone X possa chegar com tudo o que a Apple (e nós) desejaríamos ver neste iPhone especial.

2 comentários:

  1. ... dificuldades da Samsung em entregar os ecrãs OLED, e mais este e aquele fornecedor ...
    Isto são contratos de muitos milhares de milhões de dólares e com cláusulas de penalização por incumprimento também muito elevadas. Os fornecedores vão-se esmifrar mas vão cumprir.
    O iPhone 7 foi posto à venda em meados de Setembro em 28 países. O do 10º aniversário passava para Dezembro.? "No lo creo".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas uma coisa é quando são contratos para fornecer peças "normais"; outra coisa será quando se trata de criar componentes com particularidade inovadoras, que obrigam a processos mais demorados e onde nem sempre as coisas podem correr bem/dentro dos prazos estimados.

      ... Mas, é daquelas coisas que garantidamente saberemos daqui por uns meses. :)

      Eliminar

[pub]