2017/04/23

Máquina de sumos "de luxo" Juicero vai devolver dinheiro aos clientes


Que vos parece a ideia de uma máquina de sumos tão, mas tão avançada, que em vez de espremer fruta natural tem obrigatoriamente que usar uns pacotes da marca com "fruta certificada processada"? Podem achar ridículo, mas há quem não tenha achado e comprado esta máquina de $400.

Não há dúvida de que a máquina era avançada, com muita da sua tecnologia dedicada a validar os pacotes originais da marca, impedindo a utilização de pacotes não oficiais, e também não permitindo que um pacote fora da validade fosse utilizado. O maior problema é que alguns dos clientes começaram a pensar um pouco... e descobriram que a máquina era totalmente dispensável, pois bastaria pegar no pacote do sumo e espremê-lo manualmente para um copo!

A marca argumenta que a máquina continua a representar valor acrescentado para os clientes, pois é capaz de aplicar "a pressão correcta" adequada a cada pacote; mas ainda assim parece não se querer arriscar a ser alvo de um processo por parte dos clientes que se sentem enganados, optando por disponibilizar o reembolso total a todos os que quiserem devolver as suas Juicero.

Só porque uma máquina é de "alta tecnologia" não significa que seja melhor que as opções tradicionais de "baixa tecnologia"... em casos como este até acaba por ser o contrário.

1 comentário:

  1. Uma máquina, de $400 dólares, para abrir pacotes de sumos que se podem abrir à mão :)

    Mais alguém achou que era uma excelente ideia para esfolar pacóvios - e o que fez a Juicero? Pôs o concorrente em tribunal, pois então :)

    https://arstechnica.com/tech-policy/2017/04/juice-wars-juicero-has-sued-another-juicer-maker-for-patent-infringement/

    ResponderEliminar

[pub]