2017/04/29

Novas baterias de zinco podem superar as de lítio


Há muito que se esperam por novos avanços na área das baterias, e agora surge uma nova bateria que recorre a um velho material - o zinco - prometendo competir com as baterias recarregáveis de lítio que actualmente dominam o mercado.

O zinco há muito que é utilizado nas pilhas, mas a sua utilização em baterias recarregáveis não tinha dado bons resultados devido à criação de estruturas microscópicas condutoras durante o processo de carga/descarga que eventualmente levavam a que a bateria entrasse em curto-circuito. Agora, um novo processo de fabrico recorre a uma "esponja 3D" a envolver o zinco, evitando a criação dessas estruturas e, ao que parece, tornando-as competitivas ou até mais atractivas que as baterias de lítio.

Para começar, estas baterias de zinco não sofrem do mesmo risco de explosão que afecta as baterias de lítio e que obriga a inúmeras restrições a nível de transporte e utilização e, para além disso, parecem comportar-se tão bem quanto estas a nível de resistência aos ciclos de carga e padrões de utilização de veículos eléctricos. Outra vantagem adicional: estas baterias Ni-3D Zn são mais leves que baterias de lítio com capacidade idêntica.

A EnZinc estima que as primeiras baterias recarregáveis de zinco cheguem ao mercado em 2019... E mesmo que se limitem a ser mais leves e a eliminar o risco de explosão, já seriam muito bem vindas.

1 comentário:

[pub]