2017/06/24

Google vai deixar de espiar emails do Gmail para efeitos publicitários


A Google parece ter ficado farta de ser acusada de espiar o email dos utilizadores, e anuncia que irá deixar de o fazer para efeitos de publicidade direccionada.

As acusações de concorrentes como a Apple, que não perdem uma oportunidade para mandar indirectas à Google de como violam a privacidade dos seus utilizadores espiando os seus emails para lhes apresentar publicidade, parecem finalmente ter dado resultado. A Google anunciou que irá deixar de analisar os emails no Gmail para apresentar publicidade.

Esta análise já não era feita para os clientes com contas empresariais, mas a Google achou que não se justificava manter o sistema nas contas gratuitas pessoas do Gmail, e que continuariam a perpetuar a imagem e ideia de que a Google espiava os emails, podendo levantar suspeitas a potenciais clientes empresariais que não ficariam agradados com essa ideia.

É uma medida positiva (a Google já sabe demasiado sobre nós, e não precisa de ler os nossos emails para isso), no entanto há que relembrar que a Google continuará a fazer a análise dos emails para outros fins que não os da apresentação de publicidade. Por exemplo, essa análise é essencial para que nos possa dar sugestões sobre datas de viagens ou reuniões que tenham sido referidas em emails, ou para fazer o tracking do processo de transporte de produtos que se compraram, e muitas outras coisas que a maioria dos utilizadores gostará de continuar a desfrutar.

E mesmo sem utilizar esta informação para efeitos de publicidade, isso não quer dizer que não continue a apresentar publicidade no Gmail, usando os outros indicadores dos nossos interesses, como sites que visitamos, anúncios em que clicamos, etc. etc.

1 comentário:

  1. Contava um cronista do "Expresso" que uma vez enviou um gmail a alguém com a expressão: "Não sou bruxo para adivinhar" (ou algo assim). A Google passou a presenteá-lo com anúncios do Professor Karamba e outros adivinhos encartados :)

    Isto não era grande política.

    Ver qualquer coisa na Amazon e, quando se visita um site, ver publicidade a esses produtos faz mais sentido. Mas também é cansativo. Pelo que percebi, fazendo logout, incluindo das contas Gmail a publicidade passa a ser menos dirigida - e menos cansativa.

    ResponderEliminar

[pub]