2017/07/26

Análise ao kit powerline AV1000 WiFi AC da D-Link

Os sistemas powerline são uma das soluções mais imediatas para levar rede a qualquer local com uma tomada eléctrica, e o nosso Luis Costa - grande fã desta tecnologia - hoje revela-nos que tal se comporta um kit da D-Link.


No mundo das redes, a D-Link é um dos nomes incontornáveis do sector, estando presente em diferentes segmentos de mercado. O powerline é uma das tecnologias que mais me interessam, pois até ao momento tem sido a que melhor se adapta às minhas necessidades de utilização. O teste ao kit powerline AV1000 WiFi AC (DHP-W611AV) da D-Link acabou por isso por ter um interesse redobrado.

O kit powerline AV1000 WiFi AC da D-Link




Este produto é constituído por duas unidades PLC, uma delas com WiFi integrado. Dentro da caixa encontramos os dois adaptadores PLC, um manual de instalação rápida, um CD com informação técnica, um cartão com os dados da ligação WiFi e dois cabos de rede.


O DHP-P610AV é o adaptador com porta ethernet gigabit na lateral direita e apresenta uma tomada na parte frontal, a qual permite ligar outro equipamento na mesma tomada onde se encontra o adaptador. É também na frente que se encontram os leds informativos, um que indica se o adaptador está ligado, um segundo que indica se este último está emparelhado com outro e um terceiro que indica se o cabo de rede está ligado.


O botão para sincronização encontra-se na zona inferior do adaptador. É através da pressão deste que vão proceder ao emparelhamento dos adaptadores.



O DHP-W610AV é o adaptador que além da porta de rede gigabit, em cima na lateral direita, disponibiliza ainda uma rede WiFi WPA/WPA2 dual band (802.11ac/n/g/a), nos 5GHz até 867Mbps e 300Mbps nos 2,4GHz. Tem duas antenas, uma em cada lado do equipamento, que se devem "abrir" quando em funcionamento.

Na lateral direita, além da porta de rede, temos um botão de reset, botão WPS para ligações WiFi sem password e um botão para ligar/desligar o adaptador. Ao contrário do DHP-P610AV, este DHP-W610AV não tem uma tomada integrada, pelo que apenas vão poder ligar este equipamento na tomada em que este estiver instalado. Uma solução alternativa passará pela utilização de um multiplicador de tomadas como o Powercube que, pelos testes efectuados, não irá provocar grande degradação de desempenho.


Em utilização


Numa instalação nova, sem outros adaptadores já ligados, o DHP-P610AV (apenas com porta de rede) deverá ser instalado num local onde tenha um ponto de rede, de preferência o mais próximo possível do local onde vão instalar o outro adaptador com WiFi.

Depois de terem os dois adaptadores instalados há que proceder ao emparelhamento dos mesmos, acção que é feita através do browser. No cartão com os dados do WiFi, têm também um endereço tipo http://dlinkapXXXX/ que vos dará acesso ao adaptado DHP-W610AV. Para conseguirem este acesso via browser, ou se ligam através da rede WiFi que o adaptador disponibiliza, ou utilizam a porta de rede do mesmo. No campo do Login basta introduzir "Admin" e deixar a password em branco.



Para facilitar a instalação, a D-Link disponibiliza um guia assistido. Em termos resumidos, têm de correr o guia e carregar no botão de sincronização do outro adaptador. Depois de efectuado o emparelhamento, podem configurar a rede WiFi.

Para acrescentar novos adaptadores, basta repetir este processo.



Todo o processo de configuração da rede é feito através do browser, tal como se de um router se tratasse. No primeiro separador, além do guia de instalação, têm a configuração da rede WiFi, onde podem escolher a encriptação e palavra passe, a configuração da rede ethernet e as definições dos adaptadores que tiverem instalados.

No separador avançado, podem gerir o acesso à rede através do MAC Address, configurar mais alguns aspectos da rede WiFi e limitar o número de utilizadores.

No separador ferramentas têm acesso à configuração dos dados de login, backup e recuperação de definições, actualização de firmware, definição da data e teste ao adaptador.

O último separador apresenta informações sobre os adaptadores e a ligação.


Para testar este kit D-Link , recorri ao meu habitual setup de testes, onde os adaptadores são instalados em andares diferentes, um no meio da casa, outro numa das paredes laterais. Desta forma, simula-se aquela que poderá ser uma das condições de utilização mais exigentes.

Até ao momento, o adaptador PLC com melhor desempenho nestes foi o Devolo 1200+, razão pela qual são igualmente apresentados os resultados obtidos por estes adaptadores na mesma altura e nas mesmas condições de teste.

Utilizando a ligação WiFi ac do portátil Xiaomi Mi, os resultados no speedtest para uma ligação 200/20Mbps foram os abaixo apresentados

D-Link WiFi ac/n - 169,52Mbps/97,06Mbps

Devolo 1200+ WiFi ac/n

Na ligação WiFi ac, o D-Link fica a uns meros 5Mbps do resultado dos Devolo. Na ligação WiFi n, o D-Link bate o Devolo por 15Mbps.


D-Link porta ethernet

Utilizando a porta de rede gigabit do PC de testes, a velocidade de transferência sobe para os 181,25Mbps.


A velocidade da ligação de internet estando limitada a 200Mbps não é suficiente para testar a velocidade máxima de transferência, razão pela qual efectuámos mais um teste, desta vez em andar diferente, mas em extremos opostos da casa.


O kit D-Link DHP-W611AV registou uma velocidade média de 23,83MB/s, equivalente a 190Mbps, entre dois PCs com porta gigabit.




Nas mesmas condições, o kit Devolo conseguiu 26,96MB/s, equivalente a 215,68Mbps.

Tendo em conta que este é um cenário bastante exigente para os adaptadores, os resultados obtidos mostram que o Kit PLC numa boa instalação eléctrica, é uma excelente alternativa a uma rede de 100Mbps.


Apreciação final



O kit DHP-W611AV apresenta uma boa qualidade de construção, com um corpo resistente. O adaptador WiFi peca por não ter uma tomada passthrough, algo que é sempre útil para instalação dos adaptadores PLC, pois permite não queimar uma tomada com o mesmo.

A instalação, depois de se lerem as instruções (convém, não é verdade?) não é complicada, mas o facto da D-Link centrar todas as configurações no browser poderá ser algo complicado para os utilizadores menos experientes. Como vantagem, têm o acesso a algumas funcionalidades que não é normal serem disponibilizadas neste tipo de equipamentos, com destaque para as definições Quality of Service (QoS), onde podem definir o tipo de utilização para cada equipamento, atribuindo prioridades no acesso à rede.

Em termos de desempenho, este kit DHP-W611AV teve uma prestação muito boa, ficando ao nível do obtido pelo kit Devolo, que até agora tinha uma liderança sem contestação.

O desempenho é assim um dos pontos positivos, ao que se junto o preço, podendo este KIT PLC ser encontrado no mercado com um preço na casa dos 115€. Como aspectos menos positivos, a já referida ausência de uma tomada no módulo WiFi e um software a que falta uma interface gráfica mais amigável. Tendo em conta o acima exposto, este kit DHP-W611AV da D-Link é merecedor de um muito desejado escaldante, para o qual contribui decisivamente a relação preço/desempenho.



D-LINK DHP-W611AV

Escaldante



Prós
  • Desempenho
  • Preço

Contras
  • Ausência de tomada no módulo WiFi
  • Interface gráfica do Software;

2 comentários:

  1. É possível adquirir mais módulos de wifi para adicionar a rede tendo apenas um equipamento a injectar sinal?

    ResponderEliminar

[pub]