2017/07/30

NASA avança com avião supersónico "silencioso"


Muitos fãs da aeronáutica não perdoam o facto de se ter retirado o Concorde sem se ter uma alternativa mais moderna, mas a NASA está a trabalhar nisso e promete ter um avião supersónico adequado para este novo século já nos próximos anos.

Por muito que se possa admirar a engenharia por trás do Concorde, a verdade é que se tratava de um avião bastante peculiar e acompanhado por uma enorme lista de requisitos que o tornava pouco prático de explorar em termos comerciais... a começar pelo próprio barulho que produzia, e que praticamente o limitava a voar sobre os oceanos. Daí que a NASA esteja a desenvolver um avião supersónico... silencioso.

Os objectivos parecem ser quase "impossíveis", pois apontam para que este novo avião consiga voar gerando apenas 65dBa de ruído; o equivalente ao nível de ruído que se pode ter numa escritório movimentado.

Para isso, vai criar um protótipo de maiores dimensões, que terá como missão demonstrar que os avanços feitos no modelo testado no túnel de vento se aplicarão de forma idêntica a aviões em escala "real", prevendo-se que o mesmo esteja pronto para voar em 2020 e que, eventualmente, possa fazer com que seja abolida a proibição dos voos comerciais supersónicos sobre o solo. Um passo que seria essencial para que as linhas aéreas se interessassem por estes aviões capazes de reduzir os tempos de voo para metade dos actuais (ou até menos).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]