2017/07/10

Xiaomi regressa aos resultados recorde

Depois de ter passado por um período complicado, em que a evolução das vendas parecia ter chegado ao fim, a Xiaomi regressa aos sucessos com um aumento de 70% nas vendas.

Depois de uma ascensão meteórica que a tornou numa das marcas mais populares, não só na China como a nível mundial, a Xiaomi teve enormes dificuldades o ano passado, ao ponto de a fazerem recorrer à velha táctica de deixar de divulgar o volume de vendas de smartphones. Pois bem, depois de uma reestruturação interna as coisas parecem ter funcionado, e no segundo trimestre deste ano a empresa vendeu mais de 23 milhões de smartphones, um valor recorde e que representa um substancial aumento de 70% face ao primeiro trimestre.

Este resultado também terá sido ajudado pelas vendas na Índia, mercado onde a Xiaomi registou um aumento de 328% nos primeiros seis meses deste ano, e que é um dos mais apetecíveis mercados para todos os fabricantes; mas seguramente que o bem recebido Mi 6, a par das reduções de preço no Mi 5 terão contribuído para este volume de vendas.

O que é certo é que este trimestre recorde parece revitalizar as esperanças da marca, que já aponta para a venda de 100 milhões de smartphones este ano. E acho que esse número não seria difícil de atingir, e até superar... se a marca prestasse um bocadinho mais de atenção ao mercado ocidental, que muito gostaria de ter direito a comprar os seus produtos de forma oficial (custaria assim tanto disponibilizar todos os seus produtos na sua loja online a nível mundial?)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]