2017/08/10

Vulnerabilidade grave afecta todas as versões do Windows


A Microsoft lançou mais uma série de actualizações para o Windows, e que desta vez corrigem uma vulnerabilidade crítica que permitiria a um atacante ganhar controlo sobre o sistema, e que afecta praticamente todas as versões do Windows, incluindo o Windows 10.

O bug no Windows Search service é considerado crítico, sendo o tipo de bug que os hackers considerariam "mesmo à medida" para ataque aos sistemas. O único factor atenuante é que o ataque teria que ser feito localmente para a maioria dos casos, mas possibilitando ataques remotos em ambientes empresariais via SMB.

É por isso o tipo de actualização que se torna imprescindível para evitar casos como o do WannaCry, que se aproveitava de vulnerabilidades já corrigidas, mas que muitos continuavam sem instalar.

Claro que no caso dos Windows já sem direito a actualizações... é mais um factor que pode ser considerado como "incentivo" para que o troquem por um sistema operativo mais moderno (e mesmo que o computador não tenha capacidade para aguentar o Windows 10, não faltam alternativas Linux que funcionarão bem, mesmo até em hardware completamente desactualizado).

1 comentário:

  1. Esperemos que os bancos mudem todos para o Windows 10 Enterprise, o mais seguro de sempre, até ao Windows 11 Enterprise (ou coisa parecida).

    ResponderEliminar

[pub]