2017/09/26

Novos CPUs Intel 8th gen

Depois do Core i7-7700K se ter mantido indisputado no topo dos CPUs mais desejados nos últimos anos, chega a vez de ceder o lugar aos novos CPUs Intel de 8ª geração e que vão do mais modesto Core i3-8100 até ao Core i7-8700K.

A Intel começou (finalmente) a sentir a pressão por parte dos CPUs da AMD, que têm apostado no aumento do número de núcleos de processamento e se tornam mais apetecíveis para tarefas que possam tirar partido disso, e por isso nesta nova geração temos também um aumento do número de núcleos de processamento. Até o mais modesto Core i3 passa a ter 4-cores reais (mas sem Hyperthreading), com os Core i5 a passarem a ter 6-cores (também sem Hyperthreading), com o Hyperthreading a estar reservado para os Core i7, com 6-cores e 12-threads.
  • Intel Core i7-8700K: 6 cores/12 threads a 3.7GHz, boost até 4.7GHz; $359
  • Intel Core i7-8700: 6 cores/12 threads a 3.2GHz, boost até 4.6 GHz; $303
  • Intel Core i5-8600K: 6 cores/6 threads a 3.6 GHz, boost até 4.3 GHz; $257
  • Intel Core i5-8400: 6 cores/6 threads a 2.8 GHz, boost até 4 GHz; $182
  • Intel Core i3-8350K: 4 cores/4 threads a 4.0 GHz, sem boost; $168
  • Intel Core i3-8100: 4 cores/4 threads a 3.6-GHz, sem boost; $117


Curiosamente, temos a situação de ser um dos Core i3 mais modestos a ter mais elevada frequência base de funcionamento (o Core i3-8350K a 4.0GHz), enquanto que no modelo de topo a frequência base de funcionamento é de 3.7GHz, tendo que recorrer ao "turbo" para atingir os 4.7GHz... caso as condições de funcionamento o permitam (temperatura, etc.) De qualquer forma, será inegável que o Core i7-8700K se torne no novo CPU de topo para quem procura o máximo desempenho para a sua máquina (sem entrar nos exageros dos Core i9) e CPUs que custam para cima de $500.

Segundo a Intel, este 8700K permite ter 25% mais fps no Gears of War 4 face a um 7700K, e oferece um desempenho 45% superior em caso de multitasking intensivo, como jogar Player Unknown: Battlegrounds enquanto se está a gravar vídeo do jogo e a fazer streaming em simultâneo.

... Não se esqueçam é que a troca para um destes CPUs implica também a troca de motherboard... pois precisam do novo chipset Intel Z370.

4 comentários:

  1. Li que as motherboard Z370, são as Z270 remodeladas (alteração do socket para os Coffee Lake-14 nm). As motherboad Z390 é que vão ser feitas de raiz para os Cannonlake (10nm). Acho que por 6 meses, vale a pena esperar pelas Z390 (2º semestre de 2018) e pelos Cannonlake.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que vale é comprar Ryzen porque não mudam de sockets como a Intel e mais tarde é só mesmo mudar o CPU.

      Eliminar
  2. Acabei de montar (semana passada) uma workstation com um i7-7700K. Grrrrrrr

    ResponderEliminar
  3. i3-8350K faz com que não faça sentido o i5-8400, é esperar para ver os primeiros testes...

    ResponderEliminar

[pub]