2017/09/06

Verizon troca privacidade por "brindes"


Um dia, um qualquer operador de telecomunicações irá começar a tratar os clientes de forma justa e honesta... mas esse dia parece estar distante, especialmente nos EUA onde a Verizon até já tenta convencer os clientes a trocarem a sua privacidade por brindes.

A Verizon já tem um longo registo de atropelos e abusos, pelo que não será novidade que agora venha fazer o mesmo mas de forma aparentemente mais "amiga dos clientes". O serviço é apresentado como sendo uma mais valia para os clientes, que poderão começar a receber créditos por cada $300 gastos, que posteriormente poderão usar em determinados produtos e serviços associados.

O que se esquecem de referir é que para aderirem a este programa, terão que aceitar partilhar a sua localização, histórico de navegação na web, histórico de apps utilizadas, etc. etc. etc. para efeitos de levarem com publicidade direccionada (e com esses dados a serem partilhados com os "parceiros").

Basicamente, o que a Verizon está a tentar fazer, oferecendo alguns trocos aos clientes, é aquilo que já era previsível com a mudança de rumo da FCC, que abriu as portas a que os operadores recolham e vendam dados sobre os seus cliente. Com a parte da oferta a servir para tentar adoçar o (péssimo) negócio...

É certo que há muitos outros serviços que nos seguem atentamente (a Google, por exemplo) mas neste caso estamos a desfrutar de um serviço gratuito que efectivamente estamos a pagar com a partilha dos nossos dados. No caso de um operador de telecomunicações/internet, estamos a falar de um serviço pago.

Se eles querem ganhar mais dinheiro à custa da nossa privacidade, é simples... basta que passem a disponibilizar o serviço gratuitamente, e certamente muitos utilizadores não se importarão de fazer a troca. Que tal?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]