2017/10/06

Kaspersky acusada de roubar segredos da NSA para a Rússia


Com a situação entre os EUA e Rússia a estar já bastante complicada com as acusações de interferência nas eleições norte-americanas, eis que se complica ainda mais com uma notícia que acusa a Kaspersky de ter facilitado o roubo de segredos da NSA.

A Kaspersky já tem estado sob imensa pressão nos EUA por se tratar de uma empresa russa, tendo recentemente visto o seu software ser banido de computadores governamentais; mas agora as coisas assumem contornos ainda mais sombrios. Segundo uma notícia publicada no Wall Street Journal, hackers russos terão conseguido roubar informação secreta da NSA através do software da Kaspersky que um funcionário tinha no seu computador de casa.

Segundo o que é dito, os ficheiros em causa terão sido detectados através do processo de verificação que o software faz, e que envia informação sobre os mesmos para a empresa - tendo sido isso a alertar para a existência destes ficheiros "apetecíveis", que posteriormente foram roubados por hackers, potencialmente explorando vulnerabilidades no software da Kaspersky.

Embora o relato falhe em apresentar provas concretas para todas as alegações, e haja quem relembre que tudo isto poderia ter sido feito sem o conhecimento ou participação da Kaspersky, a questão é que neste clima actual, tudo isso acaba por ser considerado um "mero detalhe", e onde qualquer tentativa de explicação por parte da Kaspersky já pouco conseguirá fazer para evitar ser olhada com suspeição.

... Parece-me que o tempo em que se podia instalar e executar programas com base na "confiança" terá chegado ao fim; algo que por um lado é assustador... mas por outro lado poderá acabar por vir a ser um passo positivo, promovendo a adopção de programas open-source que, mesmo não estando isentos de poder conter vulnerabilidades, sempre permitem que todo o mundo possa ver exactamente o que estão a fazer e averiguar o que se passa "lá dentro".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]