2017/10/09

MECOOL M8S Pro+ com vídeo fluido via ROM alternativa

A box media player Mecool M8S Pro+ não convenceu o nosso Luis Costa quando a testou inicialmente, mas felizmente a situação pode ser resolvida recorrendo a um firmware alternativo.


Estão recordados da MECOOL M8S Pro+, uma box Android que chegou a prometer a exibição de conteúdos 4K do Netflix? Pois bem, como tivemos oportunidade de apresentar, esta box além de não cumprir este requisito, tinha também outro problema grave, pois não conseguia exibir vídeo sem paragens. A imagem não era fluída, razão que nos levou a não recomendar a sua compra.

A MECOOL M8S Pro+ é mais um "mau exemplo" de como o software pode estragar o hardware. Felizmente, como acontece muitas vezes neste mundo do Android, há alguém que se dedica a compilar uma ROM, que vem resolver os problemas que as box apresentam quando nos chegam à mãos.

Num dos sites que disponibiliza um conjunto alargado de informação sobre as box Android de baixo custo, podem encontrar algumas ROMs para a MECOOL M8S Pro+. Testámos algumas delas e a escolha final acabou por recair numa ROM sem bloatware, que apresenta uma interface do Android TV, ideal portanto para utilizar num equipamento deste género, operado com o comando.


A instalação pode ser feita de duas formas, através de uma app para flash do firmware, ou de uma forma bastante mais simples, utilizando a função de instalação de actualizações OTA, que está disponível no menu de definições do Android que vem de origem com a box.

O autor sugere que se faça um reset após a instalação e antes do primeiro arranque. Infelizmente, a box não tem um botão de reset, ou melhor, tem, mas está oculto dentro da caixa. Vão ter de remover os 4 pés de plástico e os 4 parafusos por baixo destes. Depois é só desencaixar a tampa e o "aro metálico". A placa fica assim acessível para ser retirada da caixa, ficando o utilizador com acesso ao tal botão de reset.

Devem de seguida carregar no botão (ao lado do led, na imagem em cima à direita) e só depois ligar o carregador à corrente, mantendo a pressão no botão até que aparece a imagem da recovery. Depois só têm de escolher as opções do costume, wipe data, Dalvik cache e fazer um reboot.

Nota: caso o comando fornecido com a box não permita navegar nos menus da recovery, podem tentar ligar um rato, teclado ou um air mouse, sendo este último a opção mais recomendável.

Terminada a configuração inicial, podem visualizar conteúdos até 1080p sem qualquer problema, inclusivamente os H265 até de bitrate considerável.


Caso desejem utilizar outro firmware, basta descarregar versão OTA para instalar via recovery, seguindo os seguintes passos:
  • Fazer download do ficheiro para uma pen ou cartão sd (também deve dar para utilizar o armazenamento interno da box)
  • Desligar a box da corrente
  • Remover os pés de plástico e os parafusos
  • Inserir o cartão ou a pen com a actulização
  • Carregar no botão de reset
  • Sem libertar o botão, ligar o transformador à corrente
  • Ligar um air mouse (no meu caso, o comando da box não funcionava na TWRP)
  • Ir a install e escolher o zip da actualização
  • Caso seja um pen, escolher a opção up a level e depois usb-otg
Fica assim resolvido o problema relativo à reprodução de conteúdos nesta box. Mantenho a recomendação para optarem por outras propostas, mas caso já tenham a MECOOL M8S Pro+ em casa, ou estejam atraídos pelo seu baixo custo, têm aqui uma solução para as limitações que vão encontrar na sua operação.

3 comentários:

  1. em muitas BOXs, como a minha, o botão reset é dentro da saida de som..

    ResponderEliminar
  2. Convém referir as boxes com emmc defeituosas e sem botão reset, que são as que agora estão a ser enviadas por maior parte dos distribuidores.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo fazendo este tutorial, as aplicacoes estao a deixar de funcionar, com o firmware original tambem, sabes o que pode ser?

    ResponderEliminar

[pub]