2017/11/23

Europa acaba com as fronteiras nas vendas online - mas deixa tudo na mesma


Situações como as que ainda vão acontecendo, de visitar uma loja online situada na Europa e ser confrontado com a mensagem de que não fazem envios para o nosso país, vão acabar a partir do próximo ano. Infelizmente... isso de pouco, ou nada, servirá.

Quem é que ainda não se deparou com a infeliz situação de encontrar exactamente aquilo que procurava, a um preço aceitável - ou até mesmo um grande negócio - numa loja online, apenas para descobrir que o vendedor em questão não faz envios para Portugal? É ainda um acontecimento demasiado comum, mas que felizmente vai ser eliminado com a aprovação de um acordo da UE que visa abolir as fronteiras comerciais que ainda restam e acabar com a discriminação nas compras online de diversos produtos.

Com este acordo, as lojas online serão obrigadas a disponibilizar os produtos eléctricos, bilhetes, e até o aluguer de automóveis, a todos os consumidores europeus independentemente do país onde residam. Mas, não se pense que isto será a solução para todos os problemas... pois embora os sites fiquem obrigados a vender estes produtos a todos os europeus, não ficam obrigados a entregá-los nos países respectivos!

Ou seja, um site terá que permitir a compra por um cliente de qualquer país da UE, mas caso se trate de um país para o qual não efectua envios, ficará a cargo do cliente tratar de fazer a recolha e o transporte até ao destino. No fundo... o mesmo que teria que fazer já neste momento, caso pretendesse fazer uma compra numa loja que não faça o envio para Portugal.


Ainda por cima, ficam de fora todos os serviços com copyright - leia-se: compra de apps, ebooks, músicas, serviços de streaming (Netflix, etc.) - que seriam daqueles produtos onde não se colocaria a questão da entrega. Estes serviços também estavam incluídos nas intenções iniciais, mas a força desse sector conseguiu fazer com que ficassem de fora, alegando que isso iria fazer subir os preços desses serviços nos países em que são mais baratos - muito me interrogo porque é que nenhum dos nossos supostos representantes europeus não perguntou porque motivo o efeito não poderia ser o oposto, de fazer com que os preços baixassem nos países onde são mais caros!?!

Enfim... mais uma "vitória" para os políticos que puderem anunciar que contribuíram para o fim das fronteiras na Europa e amealharem créditos por isso, enquanto no mundo real tudo continuará na mesma: com um consumidor português a poder fazer livremente compras numa loja online na Alemanha... desde que depois vá à Alemanha buscá-las. :P

10 comentários:

  1. Peço desculpa, mas tenho de dizer; bela m*...!

    ResponderEliminar
  2. Quando a Amazon de Espanha passou a ter free shipping para Portugal eu comprei lá um Kindle, foi enviado e chegou poucos dias depois.

    Ia fazer a compra de outro passados 3 ou 4 dias e já não era enviado para Portugal. E quem diz isto diz montes de coisas que eram enviadas e deixaram de o ser, quase tudo só produtos prime.

    Enfim é o que há.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que escolher a versão "sem ofertas especiais", que a que tem isso não está disponível para envio para Portugal.

      Eliminar
  3. Gosto particularmente, quando as coisas já estão no carrinho... e quando se vai a comprar diz que há certos items que não entregam para Portugal. Ou enviam promoções por email.... que depois também não entregam em PT.

    ResponderEliminar
  4. Na Amazon.es é o pão nosso de cada dia:
    "El vendedor que has elegido para este producto no realiza envíos a Portugal. "
    Produtos BlackFriday pior, incluindo Kindle da própria Amazon.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que escolher a versão "sem ofertas especiais", que a que tem isso não está disponível para envio para Portugal.

      Eliminar
    2. OK :)
      Mais €10 mas sem as "ofertas especiais" / publicidade.

      Eliminar
  5. Ao poucos e poucos ainda vamos ficar pior que o Brazil !

    ResponderEliminar
  6. Com ou sem ofertas especiais, kindle fire e fire tv stick, não vêm para Portugal. Ainda ontem enviei mail para a Amazon. Temos acesso ao serviço de vídeos, mas não os podemos consumir nos equipamentos deles...

    ResponderEliminar

[pub]