2017/12/28

Como comprimir imagens JPEG para que tenham um tamanho definido


O popular formato JPG (ou JPEG) permite-nos ter imagens de qualidade em tamanhos bastante reduzidos, mas infelizmente nem sempre é utilizado da melhor forma.

É incrível como muitas pessoas (e até alguns sites!) não têm qualquer noção quanto à utilização eficiente das imagens; mais concretamente quanto ao seu tamanho. Muitas vezes isso só acontece quando têm que enviar uma imagem para qualquer lado e se deparam com um limite que impede que as mesmas sejam enviadas, ou quando se dedicam a ver porque motivo se "evaporaram" algumas centenas de Megabytes do seu tarifário mobile, aparentemente sem motivo para tal.

As imagens constituem a parte mais gastadora da web, e facilmente se perceber porquê. Os dados numa imagem de 1920x1080 pixeis (resolução Full HD) de 24 bits ocupam cerca de 6MB. Felizmente, o formato JPEG veio ajudar a reduzir drasticamente esse tamanho para valores mais aceitáveis - o problema é que isso nem sempre é feito, resultando em imagens JPEG que continuam a ocupar 1MB ou mais... sem necessidade.

Muitos programas de edição de imagem permitem que o utilizador ajuste o nível de qualidade do JPEG a ser gravado, mas quando se quer que uma imagem tenha um tamanho específico isso transforma-se num laborioso trabalho de tentativa e erro, até se chegar ao valor pretendido. Felizmente, temos ferramentas online que permitem fazer isso com simplicidade, e sem que se dependa de qualquer programa instalado no computador que se estiver a usar.

O site EZGIF disponibiliza inúmeras ferramentas para lidar com imagens, e uma delas é precisamente dedicada à optimização de JPEGs.


Basta fazer o upload (ou indicar o URL) da imagem original para que se possa reduzir o tamanho da mesma, não só através do método de ajuste da qualidade como - mais interessante - permitindo dizer qual o tamanho final que se deseja que a imagem tenha.

Em grande parte dos casos é possível reduzir o tamanho de um JPEG para valores de 100 ou 200KB sem que sejam visíveis alterações significativas na qualidade de imagem (mas obviamente que isso dependerá das próprias imagens). No caso apresentado, a imagem que ocupava 912KB pode ser reduzida para os 150KB sem que a sua qualidade fosse demasiado afectada.


Nota final para o método "lossless" que remova os metadados sem afectar a qualidade da imagem, e que é útil nalguns casos em que um JPEG que deveria ser pequeno tenha um tamanho anormalmente elevado, e que pode ser por culpa desses metadados guardados no seu interior - incluindo thumbnails e outras informações.

2 comentários:

  1. Uso com frequência o serviço do site www.compressor.io
    Em imagens com grandes áreas na mesma cor ou semelhante é brutal a redução que se consegue, sem perda visível de qualidade.

    ResponderEliminar
  2. Costumo usar o IrfanView para esse e muitos outros "truques"

    ResponderEliminar

[pub]