2012/07/04

Venda do Galaxy Nexus Suspensa nos EUA


Parece já estar a surtir efeito a providência cautelar da Apple para suspender a venda dos Galaxy Nexus nos EUA: no site do Google a disponibilidade do Galaxy Nexus passou de "imediata" para "brevemente".

Embora o Google não tenha confirmado que esta medida tenha sido causada por este processo, o que é certo é que as sequência de eventos parece confirmar que é mesmo isso que se passa - com a Apple a ter pago os 96 milhões de dólares necessários para avançar com o processo.

Actualização: o Google já confirmou que foi mesmo devido a isto que suspendeu a venda do Galaxy Nexus.

Em causa está algo que se revela perfeitamente ridículo - e que mais uma vez demonstra a aberração que são as patentes de software: a pesquisa feita no Android, na caixa de pesquisa do Google por texto ou por voz, apresentar não só resultados da internet como também resultados dos conteúdos locais no equipamento!

Aparentemente, isso é algo que vai contra as patentes da Apple, e que o Google pretende "corrigir" em breve: que é como quem diz, passar a mostrar apenas resultados vindos da internet.

Se há algo mais absurdo do que a empresa responsável pelo motor de pesquisa mais famoso da internet não poder ter uma caixa de pesquisa que mostre resultados do próprio equipamento num sistema operativo criado por si... não sei o que possa ser.

Não admira que estes gigantes andem desesperadamente em busca de patentes como quem procura munições, para depois se poderem ameaçar mutuamente com patentes em retaliação contra este tipo de coisas.

5 comentários:

  1. Patentes de software são ridiculas. Pelo menos deviam estar ligadas a uma implementação.

    Uma boa implementação é muito mais díficil do que produzir ideias.

    ResponderEliminar
  2. Acho que seria facil resolver este problema, sync da informação do sistema de ficheiros na web, e assim os resultados sobre o que se tem ou não no telemobel viria da web :p

    ResponderEliminar
  3. Na minha opinião essa briga de patentes é uma coisa totalmente inútil, só está atrasando a evolução dos dispositivos. E, se uma empresa faz um produto realmente bom e confia nele, não iria precisar apelar para esses truques sujos.
    Isso tudo é mesmo uma pena, pois se tanto a Apple quanto o Google, e tantas outra empresas, gastassem o dinheiro e tempo que gastam nesses processos em pesquisas e desenvolvimento de produtos, estaríamos numa situação tecnológico provavelmente muito melhor.

    ResponderEliminar
  4. Não querendo ser "fanboy" de coisa nenhuma, no último paragrafo onde se lê "estes gigantes" quase se poderia dizer "este gigante". Estou a exagerar, mas a verdade é que quando surgem este tipo de notícias está muitas vezes associado à Apple tentar impedir a venda de outros equipamentos.

    Pessoalmente, acredito que a Apple é suficientemente boa para não precisar disso. Mais ainda, este tipo de atitudes faz-me cada vez mais olhar para a Apple como o "bully" que se apodera do recreio e não quer deixar ninguém brincar porque *alegadamente* chegou primeiro. Em suma, afasta-me do excelente marketing de "endeusamento" que tem em todos os seus produtos.

    ResponderEliminar
  5. As companhias têm de se fazer valer pelos produtos e pela exclusividade, mas vamos lá ter calma.

    Uma coisa é um cientista que dedica 10 anos a estudar e testar um certo equipamento ou coisa parecida. Outra são estas, e desculpem-me o termo, pentelhices.
    Não é por isto que o Android vai vender mais.

    Que se preocupem (tanto uma como a outra) é em criar boas políticas para os utilizadores, e acima de tudo em trazer um bom terminal cá para fora. Isso sim...

    Parecem aquelas discussões, em que quando uma partes fica sem argumentos, passa para a agressão.

    Estas guerras são e serão um entrave ao desenvolvimento dos produtos.

    Deviam era ter vergonha, e ter mais respeito pelos utilizadores. Mas é fácil quando dentro das duas, não existe competição à altura!

    ResponderEliminar

[pub]