2015/10/05

iPhone 6S é (secretamente) à prova de água?


Numa altura em que a Sony veio clarificar que os seus smartphones à prova de água não deveriam ser utilizados debaixo de água, parece descobrir-se que os novos iPhones 6S da Apple são na verdade à prova de água, embora a Apple não o tenha anunciado.

Não têm faltado vídeos a demonstrar que os novos iPhones 6S sentem-se particularmente confortáveis a funcionar debaixo de água, continuando a funcionar sem problemas mesmo depois de terem ficado submersos mais de uma hora. E tudo parece dever-se a técnicas que já tinham sido reveladas em tempos nas muitas patentes que a Apple vai registando, aqui dedicadas a criar pequenas juntas de protecção que pretendem evitar que a água chegue aos componentes críticos.

Enquanto a maioria dos fabricantes que aposta nos smartphones à prova de água tem optado por torná-los estanques, de modo a que não entre água no seu interior; a Apple opta por deixar que a água entre, mas isolando os componentes de modo a que água não cause grandes danos.


Obviamente que mergulhar um iPhone continuará a ser algo que não é recomendado (e particularmente se se tratar de água salgada ou água de uma piscina com cloro), e por isso mesmo se percebe que a Apple não tenha interesse em anunciar esta resistência como "oficial". No entanto, sem dúvida que serão boas notícias para aqueles que usarem os seus iPhones à chuva, ou que por algum imprevisto os deixarem cair num qualquer líquido, pois graças a esta nova construção será muito mais provável que escapem ilesos a tais mergulhos.

4 comentários:

  1. Houve uma certa preocupação em os tornar mais resistentes à agua. Mas não são à prova de água.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma vez chamo à atenção que à prova de água e resistente à água são duas coisas diferentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma dá direito a um watergate e a outra não ;)

      Eliminar
  3. Se fosse à prova de água a Apple tinha anunciado a dizer que era a maior novidade no mundo dos smartphones e que eles eram os pioneiros nisso.
    E depois tentavam patentear.
    Eles não oferecem nada sem pompa e circunstância...

    ResponderEliminar

[pub]