2019/04/24

Intel apresenta gama completa de CPUs de 9ª geração - e baralha consumidores


A Intel dignou-se finalmente a revelar a lista completa de CPUs de 9ª geração "Coffee Lake Refresh", que se juntam ao Core i9 9900K lançado o ano passado.

A dificuldade de encontrar CPUs Intel pode estar a chegar ao fim, isto se considerarmos esta apresentação da família completa como sendo um final de que a Intel voltou à normalidade. Nesta 9ª geração os seus CPUs ficam segmentados da seguinte forma:
  • Core i9: 8-cores, com a série 9900 a ser a única a contar com HyperThreading
  • Core i7: 8-cores
  • Core i5: 6-cores
  • Core i3: 4-cores
  • Pentium Gold: 2-cores
  • Celeron: 2-cores

Os CPUs têm ainda sufixos de acordo com as variantes:
  • K = Overclockable
  • KF = Overclockable sem GPU integrado
  • Sem sufixo = CPU Standard, 54-65W TDP
  • F = Sem GPU integrado
  • T = Baixo consumo, 35W TDP

Infelizmente, embora fosse uma excelente oportunidade para simplificar toda a sua gama, a Intel parece empenhada em tornar as coisas cada vez mais complicadas - talvez para que não se fale muito do facto destes CPUs de 9ª geração serem, no fundo, os mesmos CPUs de 6ª geração Skylake mas fabricados num processo de 14nm. Ou seja, os entusiastas terão que lidar com CPUs que anunciam velocidades que só são atingidas activando-se um misterioso "Intel Thermal Velocity Boost"; e também terão que lidar com o facto de existirem CPUs com a mesma numeração mas de gamas diferentes.

Ou seja: temos os 9700K e 9700KF que são Core i9, mas também temos os 9700, 9700F e 9700T que são classificados como sendo Core i7. Enfim... só mesmo para complicar.


Mas pronto, temos pelo menos uma coisa positiva: com a actualização de firmware para as motherboards suportarem estes CPUs, deverão também passar a suportar as DIMMs de 32GB, permitindo colocar um máximo de 128GB de RAM numa motherboard "doméstica".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]