2020/04/28

DJI revela Mavic Air 2 com nova câmara, OcuSync e mais autonomia


Os fãs dos drones têm um novo brinquedo para cobiçar: o novo Mavic Air 2 da DJI, que chega com câmara melhorada, mais autonomia, e troca o WiFi pelo sistema de transmissão OcuSync para funcionamento a maior distância.

O DJI Mavic Air 2 mantém o formato dobrável que permite compactá-lo para fácil transporte e arrumação, mas conta com uma série de melhorias que o tornarão bem apetecível por quem procura um drone no segmento acima dos drones para brincadeiras. O Mavic Air passa a contar com um sensor quad-bayer de 48MP de 1/2", capaz de produzir imagens de alta-qualidade de 12MP e gravar vídeo 4K a 60fps (HDR a 30fps), ou usar a sua resolução para criar hyperlapses 8K.


Vem com os modos de voo autónomos da DJI, reconhecimento de cenas, sensor de obstáculos à frente e atrás, sensores para baixo, luzes para aterragem, e estreia o sistema AirSense que será capaz de alertar os utilizadores para a presença de outras aeronaves por perto (numa primeira fase na América do Norte, sendo alargado a outras regiões no Verão).

O peso subiu dos 430g para os 570g (más notícias para os países que aplicam um limite de 500g aos drones que precisam de licenciamento), mas com isso temos uma bateria que sobe para os 3500mAh e lhe dá uma autonomia de 34 minutos em voo - substancialmente mais que os 21 minutos do modelo original. A velocidade máxima mantém-se nos 68 Km/h, mas a velocidade de descida aumentou para os 5 m/s. E com o OcuSync 2.0 a DJI promete capacidade de transmissão de vídeo 1080p/30fps a distâncias de 10km.

O Mavic Air 2 começa nos 849 euros, com o kit Fly More a custar 1049 euros (que inclui 3 baterias, mais hélices de substituição, filtros de densidade neutra para a câmara, hub de carregamento de baterias, e mochila de transporte).

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]