2020/05/05

Ubuntu 20.04 LTS já disponível


Resistindo às interferências do Covid-19, a Canonical lançou o mais recente Ubuntu 20.04 na data prevista, sendo uma versão LTS que é a preferida da grande maioria dos utilizadores.

As edições LTS (Long Term Support) do Ubuntu são as preferidas por quem deseja manter os seus computadores mais estáveis durante alguns anos, escapando à necessidade de serem forçados a actualizar para uma nova versão com o fim do suporte daquela que utilizavam. Segundo a Canonical, mais de 90% dos utilizadores de Ubuntu preferem as versões LTS, o que já demonstra bem o valor que isso tem.

Para o mais recente Ubuntu 20.04 LTS "Focal Fossa", temos novidades como a utilização do Kernel 5.4, com suporte Wireguard incluído pela Canonical (oficialmente, só será integrado no kernel na versão 5.6), suporte para o novo Raspberry Pi 4, e também suporte melhorado para ZFS. Embora continue a ser indicado como sendo experimental, o ZFS começa a aproximar-se de um estado em que será utilizável por utilizadores comuns - faltando apenas uma ferramenta que permita fazer a gestão dos snapshots de forma gráfica, para se libertar do receio que muitos utilizadores continuam a ter da linha de comandos.


Com o ZFS, para além de uma enorme versatilidade a nível da definição dos elementos de armazenamento (podemos criar "discos" que podem crescer à medida que se adicionam novos discos, ou que ficam replicados por vários discos físicos para maior segurança, etc.) temos o suporte nativo para snapshots, facilitando o processo de praticamente ter backups de forma contínua e quase em tempo real - e sem que isso seja uma operação que demore minutos ou horas a fazer.

Para os actuais utilizadores de Ubuntu, a passagem para o 20.04 LTS nem sequer é uma questão; para todos os outros é mais um motivo para experimentarem o Ubuntu (ou os seus derivados: Xubuntu, Lubuntu, Kubuntu, etc.)

3 comentários:

  1. É a melhor versão do Ubuntu de sempre, a última versão da Gnome Shell está super rápida e responsivo, estão a seguir o bom caminho, hoje com os pacotes de instalação que existem ( snaps , flatpacks e Appimage ), para além de existirem quase todas as aplicações disponíveis para Linux e a sua instalação obriga só a um clique , nesta versão do Ubuntu os pacotes snap( aplicações) já estão disponíveis na loja de aplicações o que torna extremamente simples a sua instalação mesmo para iniciantes .

    ResponderEliminar

[pub]