2022/11/05

Carro eléctrico poupa 70% face a gasolina

Com a comemoração do Dia Mundial da Poupança, no passado dia 31 de Outubro, a MOBI.E salientou as vantagens e poupanças no que diz respeito à aquisição e utilização de um veículo eléctrico.

Incentivos fiscais, menor custo de manutenção, não utilização de combustíveis fósseis e outras vantagens na circulação são algumas das formas de poupar com um veículo eléctrico. Logo no momento da aquisição, a MOBI.E destaca como o comprador particular poderá ter um incentivo de 4.000€ para veículos até 62.500€.

Os veículos eléctricos podem ser carregados em casa, no trabalho e nos locais públicos e o custo é inferior ao dos veículos a combustão. Carregar um veículo eléctrico na rede Mobi.E terá, em média, um custo de 70% do valor total de um veículo a gasolina. Caso o veículo eléctrico seja carregado em casa, o custo não ultrapassa, em média, os 30% do valor da gasolina.

Segundo dados da Entidade Reguladora do Sector Energético (ERSE), na proposta das tarifas EGME a vigorar em 2022, o custo de percorrer 100 quilómetros num veículo eléctrico carregado na rede pública de forma eficiente representa, 54% e 72% do custo para percorrer a mesma distância de, respectivamente, um veículo a gasolina e um veículo a gasóleo. No que diz respeito à manutenção, ter um veículo eléctrico também reduz os custos, pois não existe a necessidade de uma intervenção mecânica frequente (mudanças de óleo, filtros, correias de transmisão ou velas). A travagem regenerativa permite também poupar nas pastilhas e nos pneus e a revisão apenas tem de ser feita aos 50.000 km (ao contrário de 30.000km nos veículos a combustão).

Outra forma de poupar são os impostos. Na compra de um veículo eléctrico, não se paga o ISV (Imposto sobre Veículos) e o IUC (Imposto Único de Circulação). Os incentivos fiscais também são significativos no caso das empresas, que beneficiam da isenção do pagamento de tributação autónoma, o IVA da aquisição e utilização do veículo é dedutível e tem ainda vantagens em termos de IRC.

Por fim, a MOBI.E destaca ainda que existem diversas vantagens ao nível da circulação com um veículo eléctrico, como descontos ou mesmo a isenção de pagamento de estacionamento (de duração limitada) em diversos municípios nacionais. Adicionalmente, os utilizadores poderão ainda usufruir de carregamentos gratuitos em alguns locais disponibilizados pelos proprietários.

[via Pela Estrada Fora]

2 comentários:

  1. Não esquecendo que para fazer essa transição de mobilidade os custos de aquisição sobem 50% a 70% face ao "veículo convencional a combustão".

    Alguns veículos Eléctricos vão perder a isenção na tributação autónoma, a partir dos 62.500 euros passam a pagar 10%.

    ResponderEliminar
  2. Por outro lado, neste momento o veículo convencional a combustão desvaloriza muuuuuito mais que um veículo eléctrico na altura de o vender a um 2° condutor ;-) que o digam as empresas de Car Leasing!

    ResponderEliminar

[pub]