2022/12/01

Disney+ encravado por publicidade não apresentada

A tentativa de ver um programa no Disney+ acabou por ser mais trabalhosa do que devia, devido à insistência na apresentação de um bloco publicitário inexistente.

A utilização dos serviços de streaming é algo que normalmente não apresenta qualquer problema, com excepção de um certo serviço mais predisposto a lentidão (leia-se: HBO Max), ou a insistência da app Amazon Prime Video mexericar nas definições que tenho escolhidas para a TV, obrigando-me a reactivar manualmente a interpolação todas as vezes. Mas, desta vez o caso foi com o Disney+.

Esperava eu ir espreitar a nova série do Willow, que revisita um dos filmes clássicos dos anos 80 - e que até era apresentado em destaque no ecrã principal - quando sou confrontado com um ecrã preto com o icon de loading, loading, loading, loading... loading. Ora, não é normal o streaming na Disney demorar assim tanto, pelo que "saí e voltei a entrar" para ver se aquilo desencravava. Mas infelizmente não, não havia qualquer alteração, nem mesmo quando tentava ver outros conteúdos.
Depois da habitual dose de "rogar pragas" ao raio do serviço, acabou por se revelar o motivo deste ecrã bloqueado. Ao tentar fazer batota passando alguns segundos para a frente, o serviço lá se denunciou que estava a tentar apresentar um bloco publicitário (o que nem é comum no Disney+), mas como aparentemente não estava a conseguir apresentá-lo, ficava tudo encravado sem possibilidade de se passar à frente!
Por fim, depois de várias dezenas de reboots da app na TV, e de seleccionar programas aleatórios, lá houve um que começou a fazer streaming sem ficar empancado no início, e depois desse já me deixou ver o que queria ver sem apresentar qualquer publicidade encravada no início.

Não é definitivamente a experiência que um cliente que paga por um serviço de streaming espera. Não só levar com publicidade, como - muito pior - nem sequer poder ver o que quer ver, por causa de um bloco publicitário invisível / com erro / inexistente.


Actualização: Como solução de desenrasque temporária, até que o problema seja corrigido pela Disney, a técnica que encontrei foi começar a ver o programa desejado através da app da Disney no smartphone, avançando 2 ou 3 minutos; e depois regressar à app da Smart TV para retomar a visualização (e puxar para trás para ver quase do início).

2 comentários:

  1. Muita evolução tecnológica se passou no último par de décadas, mas algo que nunca muda é que a experiência de "consumos de media por via alternativa" continua a ser vastamente superior às correspondentes mainstream/legais. Muito interessante.

    ResponderEliminar
  2. Eu não renovei o Disney este ano. Esticaram os preços até que a corda rebentou. Agora não levam nenhum.

    ResponderEliminar

[pub]