2014/04/04

CryptoEscudo dá 15 CESC a cada Português e quer pagar dívida pública


A moda das moedas criptográficas digitais tem dado muito que falar, especialmente devido ao fenómeno dos Bitcoins e dos milionários que fez (e mais recentemente com os inúmeros incidentes de roubos e perda de milhões de dólares nas suas exchanges) e tem potenciado a criação de inúmeras moedas derivadas. Agora tem também direito a uma versão nacional: o CryptoEscudo.



CryptoEscudo funciona de de forma idêntica aos Bitcoin, Litecoin, etc. mas tem algumas particularidades curiosas. Para começar irão oferecer 15 CESC (criptoescudos) a cada português, e do bloco total de criptomoedas existentes, 220 milhões de cryptoescudos estarão reservados para, eventualmente, pagar a dívida pública nacional (daqui por duas décadas, se/quando cada cryptoescudos  eventualmente valer €1000). Isso faria com que cada 15 criptoescudos oferecidos a cada português viessem a valer €15.000, o que não seria um mau investimento... sem que fosse feito qualquer investimento.

Claro que para isso acontecer será necessário que os portugueses adiram em massa a estes criptoescudos, de forma a que ele ganha realmente valor - pois de outra forma não passará de uma moeda digital sem qualquer valor (ou melhor dizendo, com o valor que cada um lhe quiser atribuir). Sendo Portugal um país pequeno, e onde a percentagem de utilizadores tecnológicos que se aventure nestas coisas será extremamente reduzido, fico bastante céptico quanto à possibilidade destes cryptoescudos realmente ganharem tracção. Mas por outro lado, sabendo-se que existe um enorme descontentamento face à forma como o sistema financeiro e económico se vai comportando (impunemente)... não posso dizer que ficaria surpreendido por caso estes cryptoescudos se viessem a tornar bastante populares.

E vocês, que têm a dizer desta criptomoeda nacional?

9 comentários:

  1. Bora lá dar uma facada ao euro e aos bancos da treta!

    ResponderEliminar
  2. tenho a dizer que, tal como nas bitcoins, quem tiver os primeiros big chunks de moeda minada (faceis de minar, dá para minar sozinho), vai ficar muito rico (estou a falar dos criadores) =D

    ResponderEliminar
  3. Especulação ao seu melhor.
    pegar em algo sem qualquer valor tangível e dizer que o tem e depois esperar pelos profits baseados em nada.....

    Entretanto quantidades ridículas de energia estão a ser gastas a "minar" esta treta.
    Já pensaram no valor impacto muito real que esta treta tem no ambiente?

    wolf5 se este dinheiro de treta existe o que é que chamas ao tipos que fazem o trade dele, banqueiros? Não tenhas duvida que como com qq bem especulativo e altamente volatil os bancos de hoje já estão a capitalizar dinheiro muito real, mais antes desta bolha rebentar eles já se livraram de todas a cripto moedas...

    ResponderEliminar
  4. "Mas por outro lado, sabendo-se que existe um enorme descontentamento face à forma como o sistema financeiro e económico se vai comportando (impunemente)"

    e portanto a solução é uma moeda completamente desregulamentada right!!!!

    ResponderEliminar
  5. Mas como em tudo, a vantagem é dos visionários (sortudos) que como dano colateral acabam com uma valentes €€ a mais na conta bancária. De resto concordo com cada palavra do Pinheiro... Só quero ver da plateia isto a rebentar. E teremos mais um "crash"... E quem vai pagar são sempre os mesmos... Preparem se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mas a questão é que aqui só paga quem se lá tiver aventurado. Em contrapartida no "dinheiro virtual oficial" que usamos todos os dias, somos mesmo nós a pagar, quer queiramos quer não. Digo eu. :)

      Eliminar
  6. Carlos no dia em que alguma coisa realmente importante depender deste novo dinheiro virtual não tenhas qq duvida que se correr mal vamos ser nos a pagar....

    A especulação sobre quase tudo tem sido a base do crescimento económicos das ultimas décadas do mundo ocidental. temos TODOS saltado de bolha em bolha esperando que uma ou outra rebente mas nunca permitindo que todas rebentem...

    ResponderEliminar
  7. Tenho pena de muitos que não têm a capacidade de abrir a mente a coisas novas com um conceito muito diferente do que se conhece, no entanto muitos desses são os mesmos que acreditam e fazem querer acreditar em algo que justifique o injustificavel pela ciência.
    Dá que pensar? Pois deixem-me vos perguntar até que ponto os Euros ou os Dolares vos dão garantia e estabilidade, lembram-se do que aconteceu ao Marco (moeda alemã) após a primeira guerra mundial? E os EUA qd precisaram de imprimir mais Dolares p sustentar a guerra do Vietname violando o regime monetário Bretton Woods q fixava o valor do dolar em ouro (1 onça = 20 dolares) de forma a tornar esta a moeda de referencia internacional, o que é facto é que a reserva federal não tinha tanto ouro q pagasse os dolares impressos. Posto isto sabem onde vejo uma das grandes vantagens desta moeda? O seu limite já está estabelecido o que a torna numa moeda deflacionária, tal como os recursos naturais, elas são limitadas. Evita-se assim as taxas de juro altissimas e a hiperinflação cmo acontece nas moedas "FIAT". É verdade que quanto mais cedo entrarem na mineração mais fácil e barato é para obtê-las, mas n é assim com todos os recursos? Antigamente n era preciso tanta tecnologia e energia para produzir petroleo, era quase tão fácil como um furo de água. Explorar o crytpoescudo numa fase tão inicial nao implica investimentos em grandes computadores e o custo electrico é minimo, até se pode explorar apenas enquanto se ve um filme no PC por exemplo. É apenas um ponto de vista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thinkdiferent parabéns por esta visão tão lúcida
      Na minha opinião devia ser obrigatório o ensino nas escolas do que é o dinheiro e para que serve, de certeza absoluta que o mundo seria muito muito muito diferente...
      Sim sei muito bem o que estou a dizer nas escolas só se ensina a ganhar dinheiro não se ensina a utilizar o dinheiro, se não acreditam perguntem a quem no desgoverna...

      Eliminar

[pub]