2016/02/23

Óculos VR Fove atrasam-se para o final do ano


Os óculos VR Fove pretendiam ser dos primeiros a chegar ao mercado com eye-tracking integrado, mas infelizmente parecem ter perdido o seu próprio foco e anunciam que o lançamento será adiado para o final do ano.

Os Fove apostavam em dois aspectos para se diferenciarem da concorrência: o primeiro era o sistema de eye-tracking integrado, que facilitaria a interacção com elementos virtuais simplesmente olhando para eles; o segundo seria a sua compatibilidade com o sistema de posicionamento e tracking Lighthouse da HTC (o mesmo utilizado nos HTC Vive).

O primeiro tem dado origem a algumas complicações, pois o sensor de câmara que foi usado no protótipo foi descontinuado, deixando a equipa à procura de um novo modelo que o possa substituir; e o segundo foi agora cancelado, com a explicação de que isso é feito para evitar atrasos mais prolongados e garantir que o produto chega às mãos (olhos?) dos compradores o mais depressa possível - embora isso continue a representar uma esperar de mais meio-ano (se desta vez não houverem mais atrasos.)

O Fove conseguiu angariar quase meio milhão de dólares no Kickstarter, mas embora ainda estejam plenamente confiantes de que irão conseguir cumprir as suas promessas, demonstra que nem todos os projectos correm tão bem como se esperava. (E isto para não falar de que um produto como este estará dependente de conseguir atrair o suporte dos developers para tirar partido das suas funcionalidades - coisa que se tornará bastante mais complicada, ainda mais com o atraso que vai ter face a modelos mais mediáticos como os Oculus Rift e HTC Vive - sendo que no caso dos PlayStation VR, esses também parecem ter sido adiados para o final do ano.)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]