2016/06/25

NASA estreia internet espacial na ISS


No espaço nada é tão simples como parece e também as comunicações implicam novos desafios. A NASA está a apostar num novo sistema de "internet espacial" que foi agora estreado na ISS e que futuramente também se irá expandir a missões interplanetárias.

Os pressupostos para as comunicações espaciais são bem diferentes daqueles que temos no nosso planeta. Se "cá em baixo" nos podemos dar ao luxo de considerar excessivo um ping de 100 ou 200ms, nas comunicações espaciais podemos estar a falar de atrasos na comunicação que podem ser de dezenas de minutos ou até mesmo de horas. Como se isso não bastasse temos também que lidar com a possibilidade das comunicações não serem possíveis durante determinados períodos de tempo, quer seja devido à necessidade de uma sonda reorientar a sua antena de comunicação, ou simplesmente por um planeta interromper a linha de comunicação.

A solução é uma DTN (Delay/Disruption Tolerant Networking), uma rede que é concebida para lidar com estes problemas, e que até pode ter em conta coisas como uma sonda não ter nível de bateria suficiente para comunicar, sendo preferível adiar a transmissão até que se atinja um nível de bateria mais adequado. Em vez de exigir um canal de comunicação directo - complicado de conseguir no caso de se utilizarem múltiplos satélites para retransmitir os sinais - a DTN tenta minimizar os atrasos enviando pacotes parciais de dados assim que possível, ficando os mesmos armazenados nos diferentes nós da rede por onde passa, para serem enviados assim que se reestabelecerem as comunicações.

A NASA está a estrear esta DTN na ISS, servindo como instalação piloto que permitirá confirmar a sua validade neste tipo de situações e servir como ponto de partida para a sua expansão a outros satélites, sondas, e futuras missões.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]