2016/06/09

Sense devolve dinheiro aos apoiantes do Kickstarter e foca-se no software


O Sense foi um projecto bem sucedido do Kickstarter, que prometia dar inteligência acrescida a nossas casas, mas bastaram quatro meses para mudarem de ideias e devolverem o dinheiro aos investidores.

O projecto angariou mais de 160 mil dólares, mas esse valor não seria suficiente para criar um hub doméstico capaz de se interligar com todo o tipo de dispositivos e que teria inteligência autónoma sem depender da cloud - ainda mais quando este mesmo hub teria que enfrentar a concorrência acrescida de sistemas vindos de gigantes como a Google, Samsung, Amazon, e muito possivelmente a Apple (em breve.)

Por isso, os responsáveis vão abandonar a vertente de hardware do projecto, passando a dedicar-se àquilo que seria o seu trunfo: o software, que daria a inteligência ao sistema. A inteligência que seria capaz de aprender com os hábitos dos utilizadores e saber quando deveria acender ou apagar as luzes, e determinar se certo tipo de movimento detectado por uma câmara seria considerado "normal" ou "anormal". Assim, o foco do projecto passa a ser esse mesmo software - que também ficará disponível como open-source, com a ideia do mesmo se poder interligar com todo o tipo de equipamentos que os utilizadores tenham em casa.

Num mundo repleto de projectos de crowdfunding falhados que estouram os milhões angariados, há que dar o crédito aos responsáveis por este projecto, por terem feito o correcto (devolvendo o dinheiro aos apoiantes).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]