2016/06/01

ZUK Z2 é um Xiaomi Mi5 a preço de saldo

Smartphones topo-de-gama, de segmento médio e baratos, os fabricantes chineses têm-se "abanado" os tradicionais limites que separavam as diferentes categorias, e a tendência para baixar os preços não afecta só os smartphones mais modestos, como demonstra o novo Z2 da ZUK.



O mercado de smartphones chinês é fértil em surpresas. Sem grande esforço facilmente se encontram verdadeiras pechinchas que seriam inacreditáveis há poucos anos atrás. E se na gama de entrada há várias opções a preços ultra-reduzidos, na gama média a tarefa de escolher um equipamento complica-se ainda mais devido à superior variedade de ofertas. Por menos de 250 euros é possível obter um smartphone que no mercado ocidental facilmente custaria cerca de 400 euros.

A Xiaomi com o seu Mi5 conseguiu trazer para o mercado um equipamento de topo com um preço pouco acima dos 300 euros; mas agora a ZUK, embora com um design não tão conseguido e com materiais menos nobres, acaba de pulverizar este valor, trazendo-nos um smartphone com hardware de topo e que se fica apenas pelos 245 euros (na China). Já se sabe que a maioria destes equipamentos sofrem um agravamento de preço quando chegam às lojas online, mas mesmo assim, continuam a ser propostas muito atractivas.

O ZUK Z2 tem um ecrã Full HD de 5", Snapdragon 820, 4GB de RAM, 64GB para armazenamento interno, tem câmara de 13MP ISOCELL com focagem automática e uma câmara frontal de 8MP com lente de grande ângulos para os fãs das selfies, é dual SIM, tem sensor de impressão digital, e bateria de 3500mAh com Quick Charge 3.0.

Agora há que aguardar serenamente pela sua chegada às lojas online. Vai ser um concorrente interessante para o novo Zenfone 3 da Asus.


Por: Luis Costa

1 comentário:

[pub]