2016/07/29

Actualização gratuita para o Windows 10 termina hoje


Termina hoje o período dado pela Microsoft para que os utilizadores com Windows 7 e Windows 8 fizessem a actualização para o Windows 10 de forma gratuita. Restando agora saber quantos é que o terão feito sob esta pressão acrescida ou se se limitaram a "reservar" o seu Windows 10 (ou ainda, se optaram por permanecer na versão do Windows que têm).

Embora se possa não gostar de tudo o que o Windows 10 traz, é recomendável fazerem a actualização para o mesmo, nem que seja pelo facto dos Windows anteriores inevitavelmente deixarem de ter suporte e receberem as sempre necessárias actualizações de segurança. Para além do mais, o Windows 10 já não representa um "choque" para quem vier de um Windows 7, graças ao bom senso da MS em fazer regressar o Start Menu.

Como bom português, embora já tivesse feito a actualização para o Windows 10 nalguns dos meus computadores, deixei para o último dia o processo de actualização do meu computador principal - onde sigo a regra "se está a funcionar, não se mexe!" Mas, com o prazo a terminar, lá teve que ser... Feito um backup (adicional) completo, aceitei finalmente o processo de actualização... e fui-me mentalizando que, por muito que as coisas corram bem nos computadores de que não dependo, neste a Lei de Murphy ia fazer das suas...

Dito e feito, o processo de actualização para o Windows 10 começou logo a queixar-se de "falta de espaço na partição do sistema", obrigando-me a ir ao Google e descobrir que é um bug comum já desde o tempo da instalação do Windows 8 - e que obriga a saltar para a linha de comandos, andar a mudar permissões e utilizadores, e apagar o lixo que por lá se vai acumulando (porque motivo o processo de actualização não o faz automaticamente, não percebo!) Ou em alternativa, teria que redimensionar a partição, para lhe dar mais espaço. Enfim... não é o tipo de coisa que um utilizador normal deveria ser forçado a fazer... e que mesmo depois de feito, começou a apresentar-me mais erros e avisos... ao ponto de, depois de ter gasto algumas horas nisto, decidir que já tinha desperdiçado muito tempo, e simplesmente regressar ao ponto de partida, restaurando o backup que tinha feito.

Muito me agradaria neste momento estar a escrever que o meu PC principal tinha passado para o Windows 10 sem incidentes (como nos outros computadores onde fiz a actualização)... mas infelizmente não foi o caso. No futuro, quando se proporcionar fazer uma reinstalação de raiz, darei novamente uma oportunidade ao Windows 10, mas até lá o Windows 7 terá que servir, tal como tem feito ao longo dos últimos anos sem qualquer chatice.


P.S. Continuo a achar que a MS devia disponibilizar o Windows 10 Home gratuitamente, ou com um preço simbólico. Era a oportunidade perfeita para acabar com a pirataria dos Windows.

5 comentários:

  1. Partindo do princípio que tens a chave do WIN7 porque não fazer uma instalação limpa, fazer a activação online e depois restaurar o backup? Foi o que fiz em alguns computadors de pessoas que abominam o Win10.

    Atenção que quem, como eu, tiver a pasta Users noutra drive via Symbolic Link não vai conseguir fazer a actualização sem voltar a colocar a pasta na drive de instalação original do windows.

    ResponderEliminar
  2. Existe sempre a opção de comprar uma chave do Windows 10 original por uma fracção do preço em sites tipo kinguin e outros do género :)

    ResponderEliminar
  3. A M$ sempre "gostou de incentivar" a pirataria... isso também a ajudou a ter cota...
    Quanto ao facto do 7 e 8, + tarde ou + cedo deixarem de ter assistência/updates, até lá os meus laptops dão o berro... ;)

    (de referir que a Sony, aliás a companhia que comprou o departamento de portáteis, se marimbou para muitos VAIOS, não criando drivers para o WIN10).

    ResponderEliminar
  4. Vamos lá ver quanto tempo mais o windows 7 vai continuar sem chatices, pois é só eles quererem e todos os windows 7 passam a dar chatices...

    ResponderEliminar
  5. André Luz, essas chaves adquiridas em sites como kinguin e outros do género, são chaves legais ou falsificadas?
    Obrigado.

    ResponderEliminar

[pub]