2016/07/17

Airbus recorre a drones para fazer inspecção aos aviões


O processo de inspecção visual de um avião é algo que pode demorar cerca de 2 horas, mas que a Airbus conseguiu reduzir para 15 minutos usando um drone.

Se acham que dá trabalho ver se um automóvel está bem lavado e sem riscos, imaginem só o que será fazê-lo para um avião. O processo tradicional envolve ter operadores a percorrer vagarosamente todo o avião, necessitando de braços telescópicos para chegarem à fuselagem; mas agora o processo fica imensamente facilitado (e agilizado) recorrendo à preciosa ajuda dos drones.

O drone está equipado com câmaras de alta-definição e segue um percurso pré-programado que varre a parte superior da fuselagem de forma automática - sob supervisão de um piloto humano - compilando um mapa visual que também pode ser visto em 3D, facilitando a detecção de qualquer dano na aeronave.

Sendo operação para tão pouco tempo, já começo a imaginar que qualquer dia isto possa tornar-se numa operação rotineira feita após cada aterragem, criando um registo visual sobre os danos de cada avião a cada voo.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]