2016/08/02

Google vai remodelar launcher do Android 7.0 Nougat


Parece que a Google quer que os novos Nexus venham acompanhados por um Android Nougat 7.0 que seja visualmente distinguível do anterior, e para isso prepara algumas alterações ao launcher oficial.

Estas alterações ainda não estão confirmadas e podem ser alteradas (ou completamente ignoradas) até ao lançamento, mas demonstram que a Google poderá estar prestes a dar maior protagonismo ao Google Now como assistente. Actualmente, os utilizadores estão habituados a ter o acesso ao Google Now num ecrã à esquerda do ecrã principal, e à presença da barra de pesquisa no topo e ao icon de acesso às apps (app drawer) no fundo do ecrã... coisas que irão ser alteradas, mas que potencialmente poderão ser um exclusivo dos Nexus.


A diferença mais visível será o desaparecimento do widget de pesquisa da Google no topo do ecrã, sendo substituído por um botão que terá que ser clicado para realizar uma pesquisa. Considerando que mesmo que se tivesse o widget actual seria necessário clicar nele para começar a escrever, o resultado é uma poupança de espaço sem penalizar o utilizador - a não ser que tenham por hábito clicar no icon do microfone para fazer pesquisas por voz, que agora passa a necessitar de um toque adicional; mas por outro lado, se vão fazer uma pesquisa por voz, bastará dizerem "Ok Google" e nem têm que tocar no ecrã.

Outra diferença visível, o desaparecimento do icon da app drawer na parte inferior do ecrã, que assim liberta um espaço na área crítica onde mantemos as apps mais utilizadas. Agora, o acesso às apps será feita com um gesto de arrastar o ecrã de baixo para cima (e onde nem sequer falta um efeito de transparência variável, para quem presta atenção a esses detalhes.)

Ao retirar a caixa de pesquisa do ecrã principal, pelo menos de forma imediatamente visível, os utilizadores sentir-se-ão mais tentados a dar um salto ao ecrã do Google Now, onde potencialmente começarão a descobrir tudo aquilo que ele tem para oferecer (caso ainda não o tenham feito). Para além do mais, é de esperar que a Google adicione ainda mais funcionalidades à medida que o seu "Assistente" vai ficando cada vez mais capaz e inteligente, e estas subtis alterações irão contribuir para que os utilizadores fiquem mais predisposto a dar-lhe uso em vez de continuarem a fazer as coisas "como sempre" fizeram.

Teremos que esperar pelo lançamento oficial do novo Android N, e esperar que este ano a Google nos traga um novo Nexus 5 à altura do Nexus 5 original (leia-se, compacto, bom... e barato! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]