2016/09/05

Apps já representam 50% do tempo passado online


O velho debate de apps vs web está longe de estar terminado, mas por agora as apps estão a vencer e o Facebook fica muito bem posicionado, ocupando os dois lugares cimeiros.

As últimas estatísticas da Comscore referem que as apps já representam 50% do tempo que os utilizadores passam online, revelando um subida apreciável face aos 41% obtidos em 2014.



O tempo passado na web é de apenas 7% (nos smartphones); enquanto que nos tablets a distribuição também continua a ser favorável às apps (9% vs 2%); e os computadores tradicionais se ficam por cerca de um terço do tempo gasto pelos utilizadores.


Quanto às apps mais usadas, o Facebook tem motivos para ficar satisfeito. A sua app e o Messenger ocupam as duas primeiras posições de forma bastante confortável, com a Google a ocupar os lugares seguintes como YouTube, Google Maps, Google Search, Google Play e Gmail (fico surpreendido por o Gmail não ficar em melhor posição, mas pronto...)



Como curiosidade, a intromissão do Pokémon Go, que comprova o sucesso viral que o jogo teve, e que salta directamente para a 13ª posição, acima do Snapchat e Pinterest. Resta saber se conseguirá manter o seu lugar na tabela, quando há estatísticas que dizem que grande parte dos jogadores já está a abandonar o jogo.


Seja como for, o que se pode concluir daqui é que, mesmo se nalguns casos será recomendável a aposta num site web adequado para dispositivos móveis, o público parece continuar a preferir as apps.

1 comentário:

  1. O público prefere as apps se estas trouxerem valor acrescentado ou se permitirem uma experiência que na web não seja possível. Basta olhar para este top e ver que apenas 1 ou 2 apps têm uma alternativa viável na web.

    ResponderEliminar

[pub]