2016/09/27

Automóveis equipados com o HERE vão reportar automaticamente condições da estrada


A Audi, BMW e Mercedes querem tirar partido da compra da HERE (da Nokia) o mais rapidamente possível, e simultaneamente criar a mais vasta rede de análise de condições de trânsito que existe, recorrendo à informação recolhida por todos os seus veículos.

Normalmente não pensamos nos automóveis como uma plataforma de sensores móveis, mas a verdade é que o são. Dos sensores que medem precisamente o comportamento do veículo e que permitem a actuação dos controlos de estabilidade, as suspensões capazes de detectar a qualidade do pavimento, os sensores de estacionamento que medem a aproximação em quase todas as direcções, e até câmaras e radares, são imensas as informações que cada carro recolhe a cada instante. E com o Open Location Platform do HERE, a ideia é recolher esta imensidão de dados em larga escala para criar um mapa em tempo real das condições nas estradas.


Quem utiliza apps como o Waze já estará a tirar partido de um sistema de navegação que permite que os utilizadores reportem incidentes e acidentes, mas com este Open Location Platform, todas estas informações passariam a ser recolhidas sem qualquer intervenção do condutor. Um solavanco na suspensão permitirá assinalar um buraco numa estrada asfaltada; a activação das escovas limpa pára-brisas sinalizará que naquele local estará a chover (ou que está nevoeiro, se ligarem as luzes de nevoeiro); a derrapagem das rodas sinalizará troços escorregadios; etc. E as coisas não se ficam apenas por aqui, ao se circular a velocidade reduzida nas cidades, os sensores de estacionamento poderão estar a monitorizar continuamente os locais por onde se passa e marcar potenciais espaços de estacionamento vazios.


Também não será descabido pensar que os dados obtidos pelos veículos pudessem também ser usados para ajudar a analisar acidentes, ao estilo do que a Tesla tem feito, sendo capaz de indicar precisamente o que o condutor tinha feito/estava a fazer no momento do acidente. Com os fabricantes de automóveis a implementarem cada vez mais sistemas de assistência à condução, será garantido que queiram também usar estes dados para se livrarem de responsabilidades no caso de abuso destes sistemas.

... Por mim, bem que o envio destes dados podia ser feito directamente para as autoridades... e em caso de infracções descontava logo o valor da multa da conta bancária do condutor. Posso garantir que iria haver uma redução drástica no número de acidentes. ;P

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]