2016/11/24

iPhone de 2017 vai ter carregamento wireless?


Depois dos rumores que apontam para a estreia dos ecrãs OLED nos iPhones do próximo ano, eis que temos nova vaga de previsões pelos analistas de mercado, que acreditam que os iPhones de 2017 terão carregamento wireless.

Entre as previsões da diversificação das encomendas de fabrico entre a Foxconn e Pegatron (com um aumento das encomendas para esta última por forma a reduzir a dependência excessiva na Foxconn) e de que as datas de lançamento deverão manter-se no final do terceiro trimestre do próximo ano, a novidade que atrai mais as atenções será certamente a previsão de que a Apple aplique aos iPhones um sistema de carregamento wireless.

Não seria propriamente uma novidade completa, uma vez que a Apple já utiliza um sistema destes para carregar o Apple Watch, pelo que seria apenas dar mais um passo no sentido da não dependência de cabos, e que eventualmente até poderia permitir a partilha do mesmo carregador para o iPhone e Apple Watch (e futuros dispositivos) sem necessidades de cabos nem adaptadores.

Outra previsão com a qual concordo, é que mesmo com a eventualidade da Apple lançar apenas um modelo com ecrã OLED em 2017, se espera que mais de metade dos compradores vá optar por esse e não pelos modelos "normais" (sendo que seguramente este modelo mais exclusivo terá preço superior aos restantes).

Por via das dúvidas, é melhor começarem a poupar desde já... Se apontarmos para um valor de 900 euros, dá cerca de 90 euros por mês - ou, se quisermos ser mais meigos, cerca de 3€ por dia - até à altura do lançamento deste modelo que marcará o 10º aniversário do iPhone, o smartphone que mudou o mundo.

13 comentários:

  1. Há uma coisa neste assunto que eu não percebo bem: quando se fala de carregamento wireless fala-se de carregar a bateria encostando o dispositivo a uma superfície que carrega, certo?
    É que o termo "wireless", apesar de ser literalmente "sem fios", nisto das TI costuma significar "pelo ar" como por exemplo as redes wireless!
    Ora, não e disso que se fala quando se fala em carregamento wireless, pois não?
    É que, uma coisa é carregar encostando o dipositivo a um carregador. É mais prático do que ligar um cabo, mas não é assim tãooo mais prático. Outra completamente diferente, e essa sim verdaderiamente interessante, seria poder carregar o dispositivo sem este estar pousado a nada. Isso sim, é que era espectacular!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa descrição lembrou-me deste projecto:
      https://ubeam.com/

      Eliminar
    2. Nos sistemas actuais, o carregamento limita-se a uma distância de poucos milímetros de distância... a promessa dos carregamentos wireless a metros de distância vai surgindo de tempos a tempos, mas até ao momento ainda não temos nada de concreto.

      Por exemplo, a Ubeam prometia fazê-lo até este ano:
      http://abertoatedemadrugada.com/2014/08/carregamento-wireless-ubeam-de-longa.html

      Mas como se poderá comprovar, parece que não passa de vaporware, como tinha acusado um ex-engenheiro deles:
      http://abertoatedemadrugada.com/2016/05/ex-engenheiro-da-ubeam-diz-que.html

      Eliminar
    3. Sim, o termo mais correcto seria "contactless", mas... marketing...

      Eliminar
    4. Contactless não seria, porque tens mesmo que fazer contacto entre o dispositivo e o carregador (fica pousado um sobre o outro. :)

      Eliminar
    5. Se levantares para aí meio milímetro, continua a carregar ;)

      Para mim, contactless é quando não tem contactos eléctricos, mas para outras pessoas é contacto físico, compreende-se.

      Eliminar
  2. Vou já começar a deixar de comer para poupar para o próximo iPhone, quero o mais caro de todos

    ResponderEliminar
  3. nem quero imaginar o preço que isso vai custar...

    ResponderEliminar
  4. Quando sair vai ser novidade nunca antes Visto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Nokia e a LG, em 2012, copiaram a apple em 2017! É o que costuma acontecer.

      Eliminar
  5. Para além de algumas vantagens (durabilidade, não ter cabos, estética, etc), não será algo mais inconveniente do que conveniente? As cargas desta forma demoram bastante mais tempo, para além de que acaba por não ser tão prático em termos de mobilidade e em termos de haver a necessidade de andar sempre com o dito carregador atrás?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se assumires que seja algo que eventualmente terás "em todo o lado" (como já faço há alguns anos, primeiro com o Nexus 5 e depois com o Nexus 6). Tanto em casa como no trabalho, é só pousar e fica a carregar... Para além disso, ter carregamento wireless não implica o desaparecimento da ficha, e não me parece que a Apple se arriscasse a remover a lightning por agora, já que há muitos acessórios que dependem dela.

      Eliminar

[pub]