2016/12/25

Airbus Transpose aplica cabines modulares aos aviões


Se estão fartos de serem tratados como sardinhas em lata nos aviões, a Airbus propõe um conceito bastante interessante de cabines modulares... se alguma vez se tornar realidade.

Há mais de meio século atrás, as pessoas imaginavam que por esta altura os aviões fossem autênticos cruzeiros de luxo voadores, disponibilizando todo o tipo de serviços e actividades que ajudassem a passar mais rapidamente as demoradas horas nos voos de longo curso (outra possibilidade seria fazer com que todas as viagens demorassem apenas 30 minutos para qualquer ponto do mundo, mas isso seria outro assunto).

O Transpose é um sistema proposto pela divisão de ideias experimentais da Airbus, e que consiste num sistema de cabines modulares que poderiam ser combinadas dinamicamente em função dos voos e dos interesses dos passageiros.

Não haveria limites quanto às possibilidades, sendo possível ter módulos com os lugares habituais para passageiros, outras com cabines individuais para passageiros nas classes de luxo, módulos dedicados a exercício físico, outros para entretenimento, etc. etc. A grande vantagem é que, em vez de se ter que dedicar todo um avião para qualquer uma destas funções, estes módulos permitiram que um avião que transformado num curto espaço de tempo para serviços especiais e mais personalizados. Por exemplo, não seria economicamente viável ter um avião inteiramente dedicado a ter cabines de luxo e um ginásio voador... mas poderia sê-lo para algumas dezenas de voos por ano, e com o Transpose seria possível aproveitar isso.

A Airbus diz que espera ter um avião com este sistema pronto nos próximos anos... pelo que ainda há uma (ténue) esperança de um dia isto se tornar realidade.



Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]