2017/01/12

Android Wear 2.0 chega no início de Fevereiro


O segmento dos smartwatches não tem tido a evolução (nem adesão) esperada, mas a Google espera conseguir fazê-lo com a chegada do Android Wear 2.0, já no início de Fevereiro.

Muitos olhavam para os smartwatches como os sucessores dos smartphones, e que se trataria de um novo segmento onde o mesmo tipo de sucesso estivesse garantido. Para isso contribuíram modelos altamente atractivos - como o Moto 360 - mas, o problema, é que por trás de um design atractivo surgiam os problemas de ordem prática: como autonomias que ainda deixam a desejar, e um Android Wear que ainda precisava de bastante trabalho.

Para esta nova ofensiva, a Google ataca em duas frentes: teremos o novo Android Wear 2.0 que, com alguns (muitos!) meses de atraso, virá cheio de novidades e permitirá aos smartwatches tornarem-se mais funcionais mesmo quando não têm um smartphone por perto; e também com o lançamento de dois smartwatches que servirão como modelos de referência para esta nova geração do sistema (mas que não ostentarão nem a marca Google nem farão parte da família Pixel).

Pela parte positiva, grande parte dos actuais smartwatches Android Wear irão ter direito à actualização para o Android Wear 2.0, pelo que neste capítulo se confirma que é possível à plataforma Android ter actualizações a tempo e horas para produtos de diferentes fabricantes. Falta apenas aplicar a mesma fórmula aos smartphones!

2 comentários:

  1. Da Sony não se sabe nada... Hardware não falta vamos ver se não há surpresas...

    ResponderEliminar
  2. E Android Wear 2.0 para o MOTO 360 1st virou sonho, miragem e irrealidade.

    ResponderEliminar

[pub]