2017/02/20

HTC vai abandonar segmento económico e apostar nos topo-de-gama


A HTC está longe dos seus tempos de glória e as suas tácticas para se manter relevante não têm funcionado, pelo que está prestes a tentar nova manobra arriscada: abandonar o segmento dos smartphones mais acessíveis e apostar exclusivamente nos topo-de-gama.

A HTC há muito que tem tradição de fazer bons equipamentos, mas infelizmente essa tradição não tem sido capaz de se converter em vendas que encham os seus cofres. Por isso, a HTC olha para os actuais campeões de vendas, a Apple e Samsung, e concluiu que a melhor forma de regressar aos lucros seria abandonar o segmento dos smartphones mais baratos, onde as margens são mais reduzidas e existe uma concorrência feroz, e apostar nos smartphones de topo, que permitem ter um lucro superior.

A teoria até pode ser boa, mas parece-me que a HTC se está a esquecer de um detalhe importante: a de que neste segmento dos smartphones dispendiosos, é muitas vezes a "paixão" a ditar a decisão. Não há dúvida que a Samsung tem cativado muitos consumidores por conta dos seus modelos Edge; e no caso dos iPhones, sabemos que quem opta por um não iria sequer equacionar um HTC, por muito "topo-de-gama" que fosse.

Pessoalmente, não me parece que esta vá ser a decisão mais acertada... a não ser que a HTC estivesse disposta a fazer algo do estilo que a OnePlus fez por altura do seu One, que era trazer um smartphone de topo a um preço hiper-competitivo do segmento médio. Mas... não me parece que seja essa a ideia da HTC, e receio que a aposta nos topo-de-gama vá resultar em excelentes smartphones, que continuarão a dar "lucro negativo" se ninguém os comprar.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]